Henrique J. C. de Oliveira, Minidicionário Ideológico e Cruzadístico, Aveiro, 1999.

 

O presente trabalho (1) tem como objectivo fornecer um pequeno livro auxiliar, que permita encontrar as palavras ou ideias mais frequentemente utilizadas. O critério de selecção adoptado é subjectivo, dado que a competência linguística dos falantes é muito variável. Palavras há que, consideradas por nós demasiado fáceis e, como tal, eliminadas, poderão ser desconhecidas e consideradas como devendo ter sido aqui incluídas. Todavia, a sua inserção acabaria por transformá-lo num dicionário convencional, volumoso e pouco prático. O seu reduzido tamanho, permitindo-nos trazê-lo sem grande incómodo numa pasta ou carteira, levou-nos a que esta versão tenha ficado reduzida a cerca de três mil e quinhentas entradas.

Para podermos inserir o máximo de informação num mínimo de espaço, adoptámos um conjunto de abreviaturas, devidamente anotadas por ordem alfabética. Na realidade, o número de vocábulos não se limita às três mil e quinhentas entradas. A contagem dos vocábulos pelo computador dá um total global de cerca de vinte mil. De facto, para cada entrada, apresentam-se, por vezes, listagens de dezenas de palavras que não são explicadas. Por exemplo, se consultarmos a rubrica TRANSPORTES, verificaremos que apresenta uma listagem com mais de cem vocábulos ordenados alfabeticamente e distribuídos por categorias. Se abríssemos uma entrada específica para cada um com a respectiva explicação, acabaríamos num dicionário tradicional. Donde resulta que este se torna indispensável, se desconhecemos e queremos saber com rigor a definição de cada conceito. Mesmo assim, este pequeno livro poderá prestar-nos excelente serviço, ajudando-nos a recordar palavras nossas conhecidas mas, há muito, esquecidas em alguma prateleira da nossa memória.

A procura de conceitos ou palavras deverá fazer-se por associação de ideias ou analogia com outros conhecimentos pré-existentes. Suponhamos, por exemplo, que, ao realizarmos um passatempo de palavras cruzadas, necessitamos de descobrir um determinado tipo de veículo com sete letras. Recorrendo à entrada TRANSPORTES — para nos servirmos do mesmo exemplo de há pouco — não teremos mais do que percorrer a listagem, procurar palavras com esse número de letras e verificar quais as que coincidem com as letras já descobertas com as respostas a outras perguntas do passatempo.

Em cada entrada, apresentam-se frequentemente expressões relacionadas com o vocábulo consultado. Este, para evitar repetições e ocupação de espaço, é substituído por um hífen. No final de cada secção, apresenta-se intencionalmente uma coluna ou parte dela em branco. Aí deverá o leitor registar, por ordem alfabética, palavras que considere importantes e que, em determinada altura, lhe criaram problemas.

(1) - A versão original está já impressa em formato A5 com 188 páginas. Infelizmente, por razões não só económicas, mas também por considerarmos que o trabalho necessita ainda de ser completado com  nomes, especialmente relativamente às freguesias e concelhos de Portugal, nunca chegou a ser publicado.

Acesso às palavras cruzadas.  Página anterior  Página inicial  Página seguinte