História do Basquetebol

 

A história do basquetebol tem praticamente origem com o aparecimento do homem na terra. A sua sobrevivência resultou dos meios que dispunha: a caça e a pesca. Mas para o conseguir o homem teve de correr, nadar e arremessar. Estes devem ter sido os primeiros exercícios físicos de natureza individual, que através dos tempos se foram desenvolvendo e aperfeiçoando até chegarem às formas colectivas, surgindo como uma forma de preparação na defesa das comunidades. A partir deste momento terão aparecido os jogos (Albano, 1978).

   Estudos realizados sobre os costumes dos índios norte-americanos revelaram que os Mayas (séc. VII a.C.) jogavam um jogo parecido com o basquetebol, o “Pok-ta-pok”. O campo de jogo, tinha a limitá-lo paredes que nos topos dispunham de uma argola de pedra colocada na posição vertical a determinada altura do solo. O jogo consistia em fazer passar através dessas argolas um objecto com a forma de uma bola.

Também o “Tchalatchli” Azteca apresentava alguns aspectos parecidos com o basquetebol (Adelino, 1994).

Foi nos Estados Unidos, no Instituto Técnico de Springfield, que em 1891 surgiu o basquetebol. Situada numa zona muito fria, Springfield, encontra-se coberta a maior parte do ano por gelo e neve, tendo a prática dos desportos ao ar livre restrita a um curto período de verão. Com o objectivo de ultrapassar esse inconveniente, e porque notava que os alunos do seu Instituto sentiam pouca predisposição para os trabalhos de ginásio, o director da secção de educação física deste estabelecimento Dr. Luther Halsey Gulick, recomendou aos seus colaboradores que tomassem uma providência para solucionar o problema.O novo desporto a ser criado deveria servir para um grande número de alunos, constituir um exercício completo, atraente e com a capacidade de se adaptar a qualquer espaço.

Coube ao Dr. James A. Naismith, professor da cadeira de Anatomia do Internacional “Young Men’s Christian Association College”, depois de grandes estudos, solucionar o problema.

Depois de uma pesquisa sobre diversos jogos,  Naismith chegou às seguintes conclusões:

- Para um novo jogo, a bola deveria ser grande e leve, de modo a que não pudesse ser escondida pelos jogadores;

- O jogo deveria ser praticado durante o Inverno, entre o Futebol Americano e o Basebol;

- Deveria ser um jogo de espírito colectivo e de grande poder emocional, mas evitando simultaneamente a violência;

- O jogo deveria ser de inspiração puramente americana, isto é, corresponder ao espírito de livre iniciativa (influenciado pela personalidade do homem da época do “pioneirismo”).

Os cinco princípios que implantaram um primeiro regulamento de jogo que, de alguma forma permitiu a criação de condições para o desenvolvimento da modalidade, foram os seguintes:

 

1 - A bola só podia ser jogada com as mãos;

2 - Os jogadores podiam apoderar-se da bola em qualquer momento;

3 - Não era permitido correr com a bola nas mãos;

4 - As equipas jogam juntas no espaço de jogo, mas os contactos entre os jogadores eram proibidos;

5 - O alvo deveria estar na horizontal sobre um plano elevado (deveria ser de pequena dimensão para privilegiar a precisão em detrimento da força e da potência).

 

A evolução das regras fez-se em função dos progressos técnicos dos próprios jogadores, dos treinadores, da melhoria do material e também através de uma melhoria da forma de transmitir o espectáculo. No entanto esta evolução preservou e respeitou os cinco princípios fundamentais estabelecidos por James A. Naismith.

O primeiro jogo, em Dezembro de 1891, no Springfield College nos Estados Unidos, foi um êxito. Este, tendo sido arbitrado pelo seu próprio inventor, foi disputado com nove homens de cada lado, com o objectivo de marcação de pontos através do arremesso da bola sobre um cesto de pêssegos, colocados um de cada lado do campo a uma altura de três metros.

Um aluno, Frank Mahan, propôs ao Professor James Naismith, o nome de “basketball”, pelo facto de ser jogado com cestos e bola; tendo obtido a sua concordância.

No ano de 1892 foram publicadas as treze primeiras regras do jogo. Este, conheceu imediatamente um grande sucesso nos Estados Unidos e a maior parte das Universidades começou a aderir à sua prática. Mais tarde invadiu a Europa e os outros Continentes.

A prática do basquetebol na Europa iniciou-se em 1893 quando os soldados americanos em passagem por Paris fizeram uma demonstração deste jogo. Os raros espectadores presentes na rua de Trévise descobriram os valores desportivos e morais deste jogo de bola.

Pierre de Coubertin, o renovador dos Jogos Olímpicos, conquistado por este desporto, aceitou que em St. Louis (1904) o basquetebol se tornasse desporto de demonstração (ao mesmo tempo saiu publicado o primeiro livrete de técnicas do jogo).

Muitas outras regras foram implantadas no basquetebol posteriormente, como por exemplo: a participação obrigatória de cronometristas na equipa de arbitragem; o aparecimento do lance livre executado pelo jogador que recebe a falta no acto do lançamento; a retirada da rede de protecção em redor do campo; a dispensa da bola ao ar no centro do campo após cada cesto, sendo esta reposta em jogo no fundo do campo. Desta maneira, o desporto foi sendo aperfeiçoado e conquistou um maior número de adeptos para a sua prática.

Os encontros internacionais que opunham as várias Universidades eram constantemente organizados. A vaga do basquetebol estendeu-se rapidamente tornando-se necessária a sua universalização no sentido de unificar as regras com o objectivo de todos os países se poderem defrontar.

Apesar desta rápida expansão do jogo, só em 18 de Julho de 1932 é fundada a F.I.B.A. no 1º Congresso Internacional de Basquetebol realizado em Genebra. A F.I.B.A. impôs a pouco e pouco a sua identidade. Em 1935 organizou em Genebra os primeiros campeonatos da Europa de basquetebol. O seu reconhecimento traduziu-se por uma admissão do

basquetebol  nos Jogos  Olímpicos de Berlim  de  1936.

Actualmente, é a F.I.B.A. que gere o basquetebol por todo o mundo. As grandes competições internacionais antigamente reservadas apenas a amadores, são dirigidas, depois de 1992, também a profissionais. Foi assim que a selecção americana que participou nos Jogos Olímpicos de Barcelona –Dream Team -, constituída pelas grandes vedetas desse país, constituiu um factor essencial de explosão do basquetebol por todo o mundo.

Em Portugal, o basquetebol foi introduzido em 1913 pela Associação Cristã da Mocidade. Sendo um jogo de competição, foi aceite com entusiasmo e bem depressa os clubes e escolas o integraram nos seus programas de Cultura Física. Porém, só em 1936 conseguiu alargar o âmbito acanhado em que viveu, para o que muito contribuiu a fundação das Associações do Porto, Coimbra e Lisboa. Esta organização ficou oficialmente constituída, com a fundação em 1927 da Federação Portuguesa de Basquetebol.

Em 1933 teve lugar o primeiro campeonato de Portugal, de que saiu vencedor o Sport Clube Conimbricense.

De então para cá, o basquetebol integrou-se definitivamente no quadro geral dos desportos praticados no nosso País, sendo hoje em dia, após o futebol, o desporto que mais praticantes tem em Portugal.

 

Inicio