voltar à página principal



Resolução do exercício 3:

3.1.) Para determinar a aplica-se o Teorema de Pitágoras ao triângulo rectângulo cujos catetos medem 4 e 6 cm.

Em seguida aplica-se novamente o Teorema de Pitágoras mas agora ao triângulo rectângulo cujos catetos medem a e 3 cm.

 

3.2.) Para determinar a aplica-se o Teorema de Pitágoras ao triângulo rectângulo cujos catetos medem 8 e 6 cm.

Em seguida considera-se a altura do triângulo cujos lados medem a, b e 13. Esta divide-o em dois triângulos rectângulos, ambos com um cateto de medida 6 cm ( este cateto é a altura já mencionada) e um com hipotenusa de medida 13 cm e o outro com hipotenusa de medida a cm. Finalmente aplica-se novamente o Teorema de Pitágoras, mas agora a estes dois triângulos rectângulos.

                            

b = c + d = 11,5 + 8 = 19,5

   
 
  página principal | topo da página | ficha de trabalho
   
  site produzido por Paula Pires