TÉCNICAS E LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO

Características Gerais de um Programa

 

 

 

Durante o processo de elaboração de um programa teve ter-se em atenção um conjunto de características, com a finalidade de facilitar a interpretação e a manutenção de um programa, é fundamental reunir um conjunto de características gerais para obter o máximo rendimento no menor espaço de tempo e com o menor esforço.  Estas características são:

 

  • Flexibilidade - um programa deve ser claro e organizado, para facilitar a sua leitura e compreensão não só ao seu autor mas também aos seus colaboradores.  Desta forma é possível partilhar as tarefas de produção e manutenção.

  • Fiabilidade - a nossa aplicação deve ser robusta, quer dizer, capaz de recuperar perante erros e utilização inadequada por parte do utilizador e controlar todos os possíveis erros que se possam gerar nas diversas realizadas pelos diversos dispositivos que são utilizados pela aplicação.

  • Portabilidade - O desenho da aplicação deve permitir a codificação em diversas linguagens, utilizando para tal um desenho único e universal, sem utilizar declarações e operadores específicos de alguma linguagem.

  • Mobilidade - a sua instalação em diversas máquinas deve ser possível e fácil.  Deve ainda facilitar ao máximo  sua manutenção, alteração e actualização.

  • Eficiência - o programa deve aproveitar adequadamente, e não desaproveitar, os recursos da máquina. Isto é conseguido minimizando a utilização da memória, o tempo de processamento e de execução.  Não nos devemos deixar levar pelo surgimento de máquinas cada vez mais potentes nos dias de hoje, e sempre que possível devemos considerar que dispomos de poucos recursos.