A Terminologia Linguística para os Ensinos Básico e Secundário (TLEBS) foi aprovada pela Portaria nº 1488/2004, de 24 de Dezembro. Divide-se nos seguintes domínios:

A) Língua, comunidade linguística, variação e mudança;
Este domínio contempla os aspectos que, de algum modo se relacionam com a política da língua e tem seis subdivisões: Comunidade linguística; Língua e falante; Variação e normalização linguística; Tipologia linguística; Contacto entre línguas e Mudança linguística.

B) Linguística descritiva;
Inserem-se neste domínio os aspectos relativos à Língua Portuguesa enquanto língua específica, ou seja à sua gramática. Divide-se em sete subdomínios: Fonética e fonologia; Morfologia; Classes de palavras; Sintaxe; Semântica lexical; Semântica frásica e Pragmática e linguística textual.

C) Dicionário;
Faz-se nesta secção a descrição dos diversos tipos de dicionário, bem como da sua estrutura interna.

D) Grafia.
Descrevem-se neste domínio os diversos sistemas de escrita e os sinais auxiliares da escrita.

O domínio B) Linguística descritiva é o mais longo do conjunto apresentado. Corresponde aos aspectos a ter em conta na análise da língua portuguesa. Como inovação surge um subdomínio intitulado Classes de palavras, distinto da Morfologia (em que se estudam as palavras varáveis) e fazendo, de certo modo, a ponte entre este e a Sintaxe.

Pode descarregar da página do Ministério da Educação (http://www.des.min-edu.pt/) a nova terminologia linguística ou aqui.

Na barra da esquerda é possível navegar por algumas definições.