CATEGORIAS MORFOSSINTÁCTICAS DO VERBO

MODO E TEMPO

MODOS VALOR TEMPOS VALOR

EXEMPLOS

Indicativo Expressão da realidade, de factos, de certezas Presente

- Coincidência entre o momento da acção e o da enunciação

 

- Acção habitual

 

 

- Acções genéricas e permanentes

 

 

- um valor de futuro (acção próxima)

 

- exprimir a vivacidade de factos passados (presente histórico ou narrativo)

- Agora, dou um exemplo.

 

- Vou todos os sábados ao cinema.

 

- O sol gira em volta da terra.

 

- Amanhã vou ao teatro.

 

 

- Júlio César entra na Gália, vence os gauleses chefiados por Vercingetórix e chega às Ilhas Britânicas no princípio do Verão

Pretérito Perfeito

- Exprime uma acção anterior ao momento da enunciação

 

- Identifica um aspecto pontual (a acção ocorreu num determinado momento e está concluída)

- Todos comeram com apetite.

 

- Isso aconteceu no verão passado

Pretérito

Imperfeito

- Exprime uma acção anterior ao momento da enunciação mas contemporânea de outra também passada.

 

- Exprime uma acção com um aspecto durativo ou frequentativo/iterativo

 

- Pode ter um valor de presente como recurso de delicadeza.

- A festa decorria alegremente quando chegou a notícia.

 

- Ele esperava ansiosamente por notícias. Ele ia à pesca com o pai ao domingo.

 

- Queria um café, por favor.

Pretérito Mais-que-perfeito

- Exprime uma acção passada anterior a outra também passada.

- Ontem comeu bem , no dia anterior comera / tinha comido melhor.

Futuro

- Situa a acção num momento posterior ao tempo da enunciação. (Futuro imperfeito)

 

- Situa uma acção futura que se concluirá antes de outra também futura (Futuro perfeito)

 

- indicar uma dúvida, uma incerteza

- Partirei no próximo comboio.

 

 

- Terei partido quando chegares.

 

 

- Neste momento, estarão todos a divertir-se.

Conjuntivo

Exprime:  possibilidade,

dúvida, incerteza,  desejo,

ordem, raiva

proibição

Presente

- Expressa uma acção não realizada - uma possibilidade, uma dúvida, um desejo, uma incerteza.

- É possível que parta amanhã (possibilidade)

- Talvez apareça.(dúvida)

Imperfeito

- Exprime uma dúvida, um desejo ou coloca uma hipótese

Gostava que viesses.

 

Se fosse possível, ...

Futuro

- Marca a eventualidade do futuro

- Quando puder, passo por tua casa.

Condicional A realização da acção depende de uma condição. Condicional

- Refere um facto posterior ao momento da enunciação mas com uma noção de eventualidade

 

-  Pode tomar como referência a actualidade do locutor ou uma realidade passada

 

- Pode exprimir a incerteza, a indignação, uma condição que provavelmente não se realizará.

- Ficaria contente, se recebesse o prémio.

 

 

 

- Teria ficado contente, se tivesse recebido o prémio.

 

- Seria possível calarem-se!

Imperativo

Exprime:

ordem, conselho,

pedido,

súplica

- Sai da sala! (ordem)

 

- Estuda, é bom para ti! (conselho)

 

- Empresta-me o teu livro (pedido)

Infinitivo

(pessoal)

Indica a acção de uma maneira vaga, em abstracto

- Indica a acção de uma maneira vaga, em abstracto

- Passearmos à noite é agradável (tu e eu)

Formas nominais do

verbo

Infinitivo impessoal

- Equivale a um nome

- Passear à noite é agradável.

Particípio

- Equivale a um adjectivo e exprime o resultado de uma acção.

- Feitas as contas, vencemos.

Gerúndio

- Equivale a um adjectivo ou advérbio e exprime o desenrolar de uma acção.

- Comprou um quadro representando a sua cidade (representativo)

- Anoitecendo, volto para casa. (de noite)