Calçada Romana

calçada romana

Perto da Capela da Nossa Senhora da Conceição, em Mourilhe, existe um troço de uma calçada romana em perfeito estado de conservação que tem cerca de 50 m de extensão e 5,60 m de largura média.

Nesta calçada ainda em uso, poderemos ainda ver as marcas dos milhentos trilhos de carros e carroças e até a sua construção em quatro camadas ( uma inferior com uma espécie de cimento e pedras grandes, onde assentava outra constituída por pedra miúda e uma terceira da cascalho que servia de cama para o lageado )ainda se apresenta a quem quiser visitá-la com uma impressionante carga de quase 2000 anos .

Esta via passava por Mangualde, seguia pelas povoações de Mesquitela e Mourilhe, continuando pela freguesia de Santiago de Cassurrães para depois atravessar o rio Mondego. No seu conjunto, esta via romana saía de Viseu pela chamada Via Sacra e chegava a Mérida por Belmonte, Idenha e Cárceres. É bem conhecida a importância destas vias na civilização romana como forma de facilitar as trocas comerciais e de escoar a produção dos campos.