Acção
Didáctica da Análise Matemática
GUERRA

em meu nome
NÃO!
Formando
Arsélio Martins


Directiva  1
para a sessão de
19 de Março

ler o material de apoio fornecido; 
discutir o documento via IRC
comentar uma das citações na sua área de trabalho

Prestação de contas
Não foi possível estar presente na primeira sessão. Um compromisso assumido antes da inscrição na acção atirou-me para fora da didáctica da análise. Não li a tempo o material fornecido, não discuti o documento via IRC. Mas posso agora escolher uma citação  e comentá-la. É o que vou fazer.

Citação escolhida
1772 - Estatutos da Universidade de Coimbra
Sobre as aulas da cadeira do segundo ano, Álgebra:
3.  Para facilitar melhor a entrada nella, e segurar o fruto das Lições: Principiará o Professor pelos Prolegomenos respectivos: Dando huma idéa circumstanciada do seu objecto, e dos meios, que applica para conseguir o fim, que se propõe: Mostrando a sua origem, e progressos: E fazendo hum Resumo da historia da mesma Algebra pelas Epocas mais notaveis della
4.  Em particular mostrará a razão, por que os Antigos, sem embargo de terem conhecido as Regras Fundamentaes Analyse, e de serem dotados de tão grande engenho, não tiráram della as vantagens prodigiosas, que decubríram os Modernos; faltando-lhes o Instrumento da Analysis, que he a Algebra.

Comentário:
Fui estudante de duas universidades portuguesas já durante a segunda metade do século XX. Essa parte dos Estatutos da Universidade de Coimbra não tinham sido adoptados nas outras cidades universitárias. Nem em Lisboa, nem no Porto a minha vida de estudante deu com o cumprimento de alguma das duas normas aqui apresentadas. E tenho pena. Espero que estas tão simples e elementares normas tenham guiado os professores de Coimbra.