FTP Explorer


(para descarregar o FTP Explorer para o seu pc, clique aqui)

 


Depois de feita a instalação podemos executar o programa pela primeira vez, aparecendo então a seguinte mensagem.
Para criar um perfil de ligação (connection profile) para o servidor do Prof2000, carregue em Yes. Surgirá a caixa que vemos abaixo.
Nesta caixa pressione o botão Add para acrescentar o perfil de ligação pretendido. Surgirá outra caixa com os espaços em branco.
Devemos preencher com os dados correctos os seguintes espaços:
Profile name: Programa Prof2000 (aqui é apenas o nome identificativo do perfil, pelo que pode ser outro) 
Host Address: ftp.prof2000.pt 
Login: neste campo colocamos o nosso login no servidor Prof2000. Se pretendermos aceder à área de trabalho da escola temos que colocar o login da escola. O campo password não deverá ser preenchido, para evitar que alguém não autorizado possa aceder à nossa área de trabalho. Cada vez que fizermos a ligação ao servidor de FTP do Programa Prof2000 ser-nos-à pedida a introdução da password respectiva. Devemos, finalmente, activar a caixinha onde diz Cache data between sessions. Isto permite-nos iniciar a tranferência de um ficheiro em determinada altura, parar essa transferência a meio e reiniciar o processo mais tarde, sem ser necessário estar a transferir de novo todo o ficheiro. Depois de preenchidos estes campos, pressionamos o botão Add.
Neste momento no lado esquerdo da caixa já aparece referenciado o servidor do Prof2000. Carregando sobre o seu nome surgirão os dados que anteriormente introduzimos, como se pode ver em seguida.
Para efectuar a ligação ao servidor de FTP do Prof2000 pressionamos neste momento o botão Connect.
Depois de feita a ligação o aspecto do programa será semelhante ao apresentado acima. A área mais à esquerda representa a árvore de directórios e sub-directórios do disco do servidor (neste caso apenas temos acesso à nossa própria área de trabalho, ou seja, ao directório onde se encontram os nossos ficheiros). Do lado direito podemos ver cada um dos ficheiros colocados na nossa área de trabalho. A parte inferior diz respeito à área de logs, onde podemos acompanhar as acções que vamos executando.

Vamos agora ver com mais algum pormenor os principais botões da barra de ferramentas abaixo apresentada.
Vamos dividir esta barra em três partes: botões de ligação, botões de transferência e botões de visualização.
Os botões acima representados servem para efectuarmos a ligação ao servidor ou para cancelarmos essa ligação. O botão 1 (connect) faz a ligação, o botão 2 (disconnect) interrompe essa ligação e o botão 3 (cancel) pára a execução de alguma ordem dada, como por exemplo a transferência de um ficheiro.
Os botões apresentados acima servem para executarmos ordens sobre ficheiros. O botão 4 (download to) inicia a transferência de um ficheiro do servidor para o nosso disco, mas pergunta-nos antes em que directório do disco pretendemos gravar o ficheiro. O botão 5 (download) transfere de forma automática o ficheiro para o nosso disco sem nos perguntar onde o queremos gravar. Podemos definir qual o directório que pretendemos por defeito escrevendo-o no campo Download Path no perfil de ligação atrás referido. O botão 6 (upload) executa a tranferência de um ficheiro do nosso disco para a nossa área de trabalho no servidor do Prof2000. O botão 7 (delete) serve para apagarmos um ficheiro da nossa área de trabalho. Devemos seleccionar o ficheiro a apagar com o rato e pressionar depois este botão.
Os botões de visualização servem para alterarmos a forma como queremos ver os ficheiros da nossa área de trabalho. O botão 8 (large icons) exibe-os sob a forma de ícones grandes, o botão 9 (small icons) sob a forma de pequenos ícones, o botão 10 (list) mostra uma lista dos ficheiros e o botão 11 (details) exibe uma lista dos ficheiros com detalhes referentes a estes: tamanho, data e hora de alteração, etc.