PROBABILIDADES

                             

 

 

 

BREVE NOTA HISTÓRICA

 

         Embora haja indícios de que civilizações antigas, no Egipto, Índia, China , Grécia e  Roma  conheciam jogos de  azar e detectaram  algumas regularidades em  fenómenos aleatórios, os  matemáticos  da   Antiguidade  não  se  ocuparam   deles.  Os  temas   da Matemática eram muitos  e  urgentes, contagens,  medições  da Terra e do Tempo, Agri- cultura e Astronomia, Astrologia, Geometria  e Arquitectura…

         Foi  apenas  no  século XVII,  com  os  jogos de  azar  que  surgiram os primeiros estudos de Probabilidades.

         Em 1651 ou  1652  o  Cavaleiro de Mére  (nobre francês ,  jogador mais ou menos profissional)  que  viajava com  Pascal (1623 - 1662)   propôs-lhe  a  resolução de alguns problemas relacionados com os jogos que habitualmente praticava. Um desses problemas interessou muito Pascal. Depois de reflectir  sobre  ele, Pascal  trocou  correspondência com o matemático Pierre de Fermat (1601-1665), seu amigo.

A correspondência entre estes dois matemáticos é considerada a origem da Teoria das Probabilidades.

         Depois  de  Pascal  e  Fermat  a  teoria  das  probabilidades  desenvolveu-se rapi- damente  devido  ao  contributo  de  vários  matemáticos, entre os quais se destacam : o suíço Jacques Bernouilli e o francês Pierre Simon Laplace.

         Bernouilli   ( 1654 - 1705 )   deixou - nos  uma  obra   importante,  o  livro   «Ars Conjectandi» que só foi publicado 8    anos após a sua morte.  Nesta obra inclui diversos problemas de probabilidades, a teoria das combinações e das  permutações, os teoremas binomial e polinomial a lei dos grandes números (chamado hoje Teorema de Bernouilli).

         Laplace (1749-1827) publicou a  obra « A teoria analítica das probabilidades» em 1812. Tratado muito completo de difícil leitura  e que  apresenta contributos  notáveis e inovadores, envolvendo um considerável  uso de  análise matemática de alto nível. A este matemático se deve  a  definição  clássica  de  probabilidade que tem o nome de «Lei de Laplace».

         Actualmente a teoria das probabilidades tem uma grande utilidade.

Uma  das  principais aplicações está no apoio que dá à "Teoria da Decisão"  que se ocupa do estudo de procedimentos que permitem tomar opções em situações de incerteza.

 

   

[HOME]        [PÁGINA DE APOIOA AULAS]