Acesso à hierarquia superior.
 

Barcos antigos


 

S/D


 
 
 
 

1 -

                 

1920


 

De acordo com informações fornecidas por um colaborador anónimo, trata-se do lugre ORION. Este barco foi construído em 1920 quase no centro de Aveiro, no local onde actualmente se encontra o monumento à Aviação Naval. O construtor foi José Maria de Lemos. Foi encomendado por Bagão, Nunes e Machado, Ldª e utilizado na pesca do bacalhau entre 1922 e 1932. Terá sido posteriormente transformado para navio de comércio.

Tinha cerca de 30 m de comprimento, 8 de boca, 3 de pontal e 182 toneladas de arqueação bruta. O seu lançamento à água foi devidamente noticiado no jornal "O Democrata", n.º 623 de 31/7/1920, que poderá CONSULTAR. Recorte

Pergunta por responder: Quem lhe tirou esta fotografia no dia do bota-abaixo?
Outra imagem deste e de outros barcos no espólio Morais Sarmento.

 

1 - <<<<<

   

1939


 
Drga junto ao Forte da Barra. Ampliado a partir de fotografia de Carlos Ferreira da Silva, em formato 6x9 cm. Setembro de 1939.

Aguardando a sua legenda explicativa.
 

  1 - Draga - Forte da Barra, 1939. <<<<<
                 

1940


 
Lugre Santa Isabel. Ampliado a partir de uma foto 6x9 do álbum da família Carlos Ferreira da Silva - Barra, Setembro de 1940.

     Eis as informações que nos chegaram acerca deste barco, enviadas por Joaquim da Rosa em 20 de Janeiro de 2013.

     A foto 2, onde se vê o lugre Rainha Santa Isabel acostado à Doca de Espanhol, é parte representativa do historial do Clube Naval de Lisboa. É nesta doca que os atletas costumavam fazer treino de remo. Não sei se o fotógrafo (do qual não tenho referência) pretendia apanhar os remadores ou estava a apontar ao lugre e os remadores se meteram na frente, mas a foto é uma das minhas preferidas.

     Este lugre com motor foi construído na Gafanha da Nazaré em 1929, para a pesca do bacalhau e tinha o nome de “Rainha Santa”. Em 1936 foi adquirido por outro armador (a Pascoal & Filhos, que adquiriu o “Santa Maria Manuela” em 2007) e passou a chamar-se “Rainha Santa Isabel”. A sua actividade de pesca terminou em 1944, altura em que passou para o comércio e quer-me parecer que esta foto é já nos anos 40. Uma das curiosidades deste lugre é o seu nome, pois o “Isabel” por vezes passava a “Izabel”, dependendo da mão que repintava o nome todos os anos antes do início de mais uma campanha até à Terra Nova e Gronelândia. É mais um dos bonitos navios do nosso passado.
     Quer a informação fornecida, quer a foto 2, encontram-se no blogue, cujo endereço é a seguir indicado:

http://caxinas-a-freguesia.blogs.sapo.pt/18927.html

  1 - Lugre Santa Isabel - 1940. <<<<<
   
 
Clicar para ampliar.
  2 - Lugre Santa Isabel - 1940 (?) <<<<<
                 

1951


 
Navio-Motor COnceição Vilarinho, na Gafanha em 1951. Fotografia 9x12 cm. de Carlos Ferreira da Silva (Aveiro).

Aguardando a sua legenda explicativa.
 

 

1 e 2 - Conceição Vilarinho - 1951 - <<<<<

                 
 
 

Aguardando a sua legenda explicativa.

  2 -
                 

19??


 
 

Aguardando a sua legenda explicativa.

  1 -
                 
 
 

Aguardando a sua legenda explicativa.
 

  2 -
                 

Se tem conhecimentos acerca dos barcos, envie-nos um texto explicativo com o seu nome e ele será inserido no local respectivo.
Utilize o formulário, tendo o cuidado de nos fornecer as respectivas referências -» FORMULÁRIO

Imagens inseridas por
ordem de recepção.

página anterior início página seguinte

01-02-2013