Frase que corresponde à expressão de uma ordem ou pedido do falante e tem o verbo no modo imperativo (i), conjuntivo (ii), indicativo (iii) ou em formas do gerúndio (iv) ou infinitivo (v).

Uma frase imperativa afirmativa exprime uma ordem de sentido positivo (vi) e distingue-se de uma imperativa negativa (vii) pela ausência de um elemento que enuncie polaridade negativa, como por exemplo, o advérbio de negação.

Um frase imperativa só pode ser enunciada na forma activa (x), sendo impossível a formulação de uma imperativa passiva (xi).

exemplo

(i) Fecha a porta!

(ii) Fechem a porta!

(iii) Calou!

(iv) Andando!

(v) Sentar!

(vi) Sentem-se já!

(vii) Não se sentem ainda!

x) Come a sopa!

(xi) *É comida a sopa!

Ver "entoação imperativa"