Dois pontos

Dois pontos ( : )

 Os dois pontos têm duas funções principais: ligam duas orações coordenadas em que uma abrange ou explica a outra, e introduzem enumerações. Quando dois pontos ligam uma oração, não se usa conjunção, pois os dois pontos são uma forma de pontuar que dispensa outra ligação gramatical. Além do sinal, no entanto, existe uma ligação lógica. Dois pontos podem ainda ser usados com a mesma função do travessão para dar ênfase a certos troços de frase e outras funções. Este sinal de pontuação é mais frequente em textos formais e bem estruturados logicamente.

1. Dois pontos ligam duas orações coordenadas em que uma decorre da outra.

Ex.: Há certas almas generosas que têm o vício oposto ao da hipocrisia: esforçam-se por parecerem más!

(Júlio Dinis, Uma Família Inglesa, p. 180)

2. Dois pontos introduz diálogo. Os dois pontos serão seguidos por um travessão ou por texto entre aspas.

Ex.: Águeda uma ou outra vez deixava escapar as vozes expressas da sua emoção: -Nós já o sabíamos! O nosso padre, que é muito amigo da casa, veio com o jornal: seu Aleixo, ó senhora Águeda, o homem já está em Lisboa!

(Aquilino Ribeiro, O Malhadinhas, p. 242)

Nota: Este exemplo é particularmente curioso pois apresenta um discurso directo que abarca outro discurso directo. A senhora Águeda cita o padre em discurso directo.

3. Dois pontos introduzem enumerações, sumários, explicações, exemplificações, citações e afirmações que começam por expressões como o seguinte ou equivalente.

Ex. : Pelas encadernações logo se deduziam as doutrinas: Hobbes, em baixo, era pesado, de couro negro; Pia tão, em cima, resplandecia, numa pelica pura e alva.

(Eça de Queirós, A Cidade e as Serras, p. 29-30)

Ex. : Em resumo: tanto esticou e repuxou que acabou por deslocar uma pedra enorme, presa às raízes de um dos girassóis.

(José Gomes Ferreira, As Aventuras de João Sem Medo, p. 203)

Ex.: A substância, como disse, é igual: areia colhida nas próprias dunas.

(Carlos de Oliveira, Finisterra, p. 77)

Dois pontos introduzem um curto troço de frase para lhe dar ênfase e fazer ressaltar o sentido.

Ex: Raimundo esgaravatava o robalo, à cata de espinhas emboscadas, com tanto maior empenho quanto o repelia o franjeado Nunes de Lima, seu comensal de morte, que discorria verbosamente a propósito de hipismo e acentuava o sentido aristocrático e formativo da equitação, deitando o rabo do olho,entrementes, para o sítio do trono,onde, sobre a pelada, distinta e espelhenta do dr. Fernandes, passava um alto dístico, bordado a grenat, em fundo branco: Acção Literária.

(Urbano Tavares Rodrigues, Os Insubmissos, p. 86)

5. Os dois pontos separam títulos de livros ou artigos desubtítulos.

Ex. : Processos de Intensificação no Português Contemporâneo: A Entoação,Processos Morfológicos e Sintácticos.

Nota: Há quem utilize para este fim o ponto em vez de dois pontos. Observe-se que neste caso é frequenteseguir-se os dois pontos de letra maiúscula.

6. As subdivisões das horas são frequentemente mas erradamente separadas por dois pontos. Deve usar-seum só ponto para o efeito.

Ex.: 16.30 ou 16h.30m

 

EXERCÍCIOS

Introduza dois pontos onde for possível.

1. O Hospital de S. João é muito fácil de encontrar para quem vem pela auto-estrada de Braga. Ao entrar na Circunvalação para oeste, aparece logo à nossa esquerda.

2. Quando saí de casa naquele dia havia só uma ideia na minha mente a minha vida vai mudar.

3. Há duas coisas na vida que não podes desperdiçar o tempo e a saúde.

4. Mariana disse baixinho ao irmão que não desse um pio.

5. O extraterrestre entrou no hotel e cumprimentou a recepcionista, distraída a ler o jornal.

6. O vírus da gripe tranforma-se de ano para ano, o que inviabiliza a total eficácia da vacina.

7. Assim diz o ditado para grandes males grandes remédios.

8. Quando acabar este curso, vou ter tempo para fazer tudo o que não tenho podido fazer, vou ler autores portugueses, ver filmes que me escaparam, inscrever-me em aulas de ginástica, e estudar mais uma língua estrangeira.

9. Leia com atenção e responda às questões seguintes. Há quanto tempo começou a escrita? Quais os primeiros documentos escritos de que há memória? Quais as funções dos primeiros textos escritos?

1 0. Diz o tesouro para a tesoura, vamos esquecer o tesoureiro.

Voltar ao início