Como fazer um resumo

                        Um resumo é a apresentação sucinta das ideias principais de um texto mais extenso, mas tendo todas as ideias fundamentais. Para tal devem eliminar-se os aspectos secundários.

                        Por vezes, parece-te que um texto é demasiado grande e que tem informação "a mais". Verás que a tarefa de estudar fica bem mais simplificada se utilizares esta técnica.

Características de um bom resumo

  Brevidade - só contém as ideias principais. Os pormenores não são incluídos.

Rigor e clareza - exprime as ideias fundamentais do texto, de uma forma coerente e clara, e que respeite o pensamento do autor.

Linguagem pessoal - não se copia frases do texto; exprime-se as ideias principais por palavras nossas.

                        Resumir correctamente:

            Lê o texto e tenta compreendê-lo, identificando as ideias principais parágrafo a parágrafo; Para isso, recorre aos sublinhados e aos esquemas, que ajudarão a organizar o texto e os parágrafos. Começa a escrever o teu resumo, respeitando o conteúdo do texto e o pensamento do autor.  Não incluas pormenores desnecessários, substitui ideias repetidas ou semelhantes por uma única ideia-chave utilizando a tua própria linguagem.

            Lê o teu resumo e avalia-o, corrigindo os aspectos que achares necessário. Verifica se tem as ideias principais, se a ideia do autor está respeitada e se o texto se percebe bem. Por fim, aperfeiçoa a linguagem do texto: ortografia, construção de frases, etc.

Exemplo de um resumo

                        Texto - Lendas da Via Láctea

                A Via Láctea era imaginada como o caminho para casa de Zeus/Júpiter. Era também considerada o percurso desordenado da corrida de Faetonte pelo Céu, enquanto conduzia o carro do Sol. Os povos nórdicos acreditavam que a Via láctea era o caminho seguido pelas almas para o céu.

                Na Escócia antiga era a estrada prateada que conduzia ao castelo do rei do fogo. Os índios primitivos acreditavam que a Via Láctea era o caminho que os espíritos percorriam até às suas aldeias, no Sol. O seu caminho é marcado pelas estrelas, que são fogueiras que os guiam ao longo do caminho.

                            Resumo:

                Existem várias lendas acerca da Via Láctea. São vários os povos, desde os Gregos, os Nórdicos e os Índios primitivos, que interpretam a Via Láctea como um caminho, um rio celestial ou como guia das almas até ao céu.

                        Partindo dos exemplos que te demos, tenta agora fazer os teus próprios resumos.

                        Deves usar:

     As palavras-chave.

    As tuas próprias palavras.

    Uma linguagem objectiva e informativa.                       

                        Não Deves:   

   Mudar a ordem das ideias.

    Fazer juízos de valor.

    Ultrapassar um terço das palavras do texto original.

Voltar                                                Adaptado de Porto Editora: Estudo Acompanhado