A publicidade

voltar atrás

Sou homem-anúncio

Em minha calça está grudado um nome
que não é meu de baptismo ou de cartório,
um nome... estranho.
Meu blusão traz lembrete de bebida
que jamais pus na boca, nesta vida.
Em minha camiseta, a marca de cigarro
que não fumo, até hoje não fumei.
minhas meias falam de produto
que nunca experimentei
mas são comunicados a meus pés.
Meu ténis é proclama colorido
de alguma coisa não provada
por este provador de longa idade.
Meu lenço, meu relógio, meu chaveiro,
minha gravata e cinto e escova e pente,
neu copo, minha xícara,
ninha toalha de banho e sabonete,
meu isso, meu aquilo,
desde a cabeça ao bico dos sapatos,
são mensagens,
letras falantes,
gritos visuais,
ordens de uso, abuso, reincidência,
costume, hábito, premência,
indispensabilidade,
e fazem de mim homem-anúncio itinerante.
escravo da matéria anunciada.
Estou, estou na moda.
É doce estar na moda, ainda que a moda
seja negar minha identidade,
trocá-la por mil, açambarcando
todas as marcas registadas,
todos os logotipos do mercado. (...)
Agora sou anúncio,
ora vulgar ou bizarro,
em língua nacional ou em qualquer língua
(qualquer, principalmente).
E nisto me comprazo, tiro glória
de minha anulação.

Carlos Drummond de Andrade, O Corpo

PUBLICIDADE

São vários os requisitos a considerar na elaboração de um anúncio publicitário:

1. Deve obedecer aos seguintes aspectos:

ATENÇÃO   INTERESSE  DESEJO  MEMORIZAÇÃO    ACÇÃO

A Atenção prende-se com um grafismo sugestivo

O Interesse, com a linguagem

O Desejo, com estímulos

A Memorização, com técnicas de fixação

A Acção, com o acto da aquisição do produto (a compra)

2. Deve ser constituído por:
Um SLOGAN - texto original, breve, com uma linguagem simples que facilite a sua retenção na memória
Uma IMAGEM - de preferência a cores, para despertar a atenção.
Um TEXTO DE ARGUMENTAÇÃO -complementar ao slogan, explicitando mais detalhadamente o produto a promover.
Um SÍMBOLO DA MARCA do produto

3. O texto publicitário tem como objectivo primordial persuadir e incentivar o consumo.

      Para isso serve-se de vários recursos estilísticos:
- Aliteração
- Onomatopeia
- Rima
- Repetição
- Abundância de ajectivos
- etc.

4. Funções da linguagem predominantes
- Função apelativa: uso do imperativo; do vocativo; do infinito e do conjuntivo com valor imperativo
- Função poética: uso de figuras de estilo (referidas em 3)

Em resumo:

Publicidade é uma palavra que deriva do latim (publicum). É uma técnica que tem por objectivo promover a venda de produtos ou prestar serviços. Baseia-se em três princípios:
Estudo do mercado - deve conhecer-se bem o mercado, a concorrência, para que a venda seja eficaz
Marketing - uso de técnicas  para convencer o receptor a comprar a mercadoria. Normalmente, fazem-se promoções, enviam-se amostras, etc.
Motivação - devem utilizar-se todos os processos par persuadir o consumidor.

 

É altura de seres tu a escolher (ou a publicar...) os teus próprios anúncios.

Para isso, com a ajuda do teu professor, deves observar e proceder à análise de alguns. Sugiro-te este:  carro.wmf (7222 bytes)

 

 

 

 

 

 

 

 cupido_ax.tif (776778 bytes)