Poluição Sonora

 

   Nos grandes centros urbanos, na proximidade dos aeroportos , dos caminhos-de-ferro, das auto-estradas e de outras rodovias de intenso tráfego, pessoas são, diariamente, confrontadas com ruídos e barulhos ensurdecedores produzidos pelos motores ou buzinas dos automóveis, dos camiões, das motos e das motorizadas, dos transportes públicos... que circulam nas ruas e estradas num constante frenesim.

   O «matraquear» infernal das maquinarias nas oficinas e nas fábricas constitui outro flagelo ruidoso a que estão expostos os seus operários e os moradores vizinhos desses complexos.

 

Efeitos da Poluição Sonora

   Como consequência deste mal dos nossos dias, os especialistas destacam: a surdez, a irritação das pessoas, o «stress», a alteração do sistema nervoso, a fadiga, a alucinação, as doenças psíquicas...

   Actualmente, os centros psiquiátricos acolhem não só alcoólicos e intoxicados, mas também um grande número de vítimas da poluição sonora.

        Vamos todos ajudar a suprimir uma das maiores torturas dos nossos dias - a Poluição Sonora

        Podemos contribuir no combate à poluição sonora.

        Basta:

                    - evitar ruídos desnecessários;

                    - não ouvir música com um volume de som muito alto;

                    - falar num tom moderado nos locais públicos e nos hospitais.

 

       

   Voltar