Arcozelo


MEMÓRIA DESCRITIVA DO BRASÃO DA VILA DE ARCOZELO

Encimado pelos quatro castelos correspondentes à categoria de Vila, o Brasão de Arcozelo, apresenta no seu escudo um conjunto de motivos recolhidos da bibliografia existente sobre a freguesia .

O Sol, simbolizando a vida, surge por cima do arco assente em muralhas douradas (cor com a qual se representa a riqueza do trabalho da população), de que, segundo a tradição, resulta o nome Arcozelo ( Arco Pequeno). A espiga surge como representação simultânea da agricultura e do pão, marcando a presença da população que, em grande parte, se dedicou aquela actividade, motora do crescimento da freguesia em tempos passados. O ondulado do mar, a verde, sobre fundo prateado ( da Região da Costa de Prata ) atesta a presença e a importância do Oceano Atlântico na vida da população do concelho.

Surge assim um todo, pleno simbolismo ligado às raízes culturais das gentes da Vila de Arcozelo.

 


LOCALIZAÇÃO

Situada na orla costeira, a sudoeste da capital concelhia, Arcozelo detém uma razoável extensão territorial, delimitada ao poente pelo Oceano Atlântico e nos restantes flancos pelas congéneres S.Félix da Marinha (a sul), Serzedo ( a nascente ) e Gulpilhares ( a norte ).

Na respectiva franja litorânea, de alvos areais, conta-se a praia da Aguda e parte das de Miramar e Granja, locais de grande afluência turística por parte dos veraneantes de todo o distrito.

LUGARES

Integram a freguesia, entre outros, os lugares principais de Aguda, Aldeia, Arcozelo, Boavista, Boavista da Estrada, Corvo, Eirado, Enxomil, Espírito Santo, Fonte, Granja (parte), Igreja, Merguinhos, Mira, Miramar (parte), Pedra Alva, Sá, Sobreiro, Vale, Vila Chã e Vila Nova da Telha.

UM POUCO DE HISTÓRIA

Esta freguesia nasceu da união de quatro povoações, Arcozelo, Enxomil, Mira e Vila Chã, tomou de início o nome de Santa Maria de Arcozelo só mais tarde adoptando o actual nome de São Miguel de Arcozelo.

Foi D. Manuel I que lhe concedeu o foral em 20 de Janeiro de 1518, conforme registo nos Forais Novos da Estremadura. Foi Comanda da Ordem de Cristo, tendo como último Comendador o Marquês das Minas.

Arcozelo foi elevada a Vila em reunião plenária de 18 de Dezembro de 1987, como consta do Diário da Assembleia da República, I série, nº34 de 19 de Dezembro de 1987 e foi publicada como lei nº11/88, de 1 de Fevereiro de 1988.

Arcozelo é hoje uma das freguesias mais progressivas do Concelho de Vila Nova de Gaia, mesmo antes da fundação da nossa nacionalidade, aparecem referências à terra de ARCUZELLO .

A etimologia do topónimo ARCOZELO, segundo uns, vem de ARCOZE, segundo outros, de ARCUS CELUS. Qualquer destas designações significa ARCO PEQUENO.

 

ACTIVIDADES SÓCIO - ECONÓMICAS

A freguesia de Arcozelo tem uma actividade sócio - económica, onde o sector industrial tem uma grande relevância, em áreas específicas da produção de têxteis (onde se salientam os tapetes de Arraiolos) , plásticos, pincelaria, cabos eléctricos, transformação de madeira, construção civil etc...

No plano agrícola  Arcozelo ainda conserva uma boa parcela de terreno agrícola, onde se desenvolvem diversas culturas. No plano das floricultura, destaca-se que , nos últimos anos, proliferam as estufas em que se pratica a cultura intensiva de Cravos, Goivos e outras espécies.

 

LOCAIS COM INTERESSE 

  • Património Religioso:

Para além de uma moderna Igreja Paroquial, Arcozelo possui a velha Igreja Matriz e quatro capelas : Aguda, Espírito Santo, Miramar e Vila Chã , bem com uma Capela - Jazigo, situada no cemitério da freguesia, onde se venera o corpo incorrupto de D. Maria Adelaide de S. José e Sousa, conhecida pelo povo como "Santa de Arcozelo".

Arcozelo possui ainda o "Museu Maria Adelaide" , dentro da área do cemitério, o qual, merece uma visita pois dá a conhecer mais um pouco da história desta Serva de Deus.

  • Património civil / natural:

Do património de Arcozelo fazem parte cinco estátuas:

Maria da Fonte, situada no largo da Igreja; Fauno, colocada no Parque Municipal das Praia da Aguda; Um Anjo e Dois Meninos, que se encontra na praça da Índia em Miramar; Duas Meninas, no largo fronteiro à Escola de Sá, no Alto de Sá e Maria Adelaide, colocada ao fundo da Alameda D. Manuel I .

Outros valores patrimoniais de carácter arquitectónico se poderão apreciar em Arcozelo, como é o caso da Quinta de Enxomil; Quinta do Terreirinho - Corvo ; Quinta do Espírito Santo;

Quinta das Grades Verdes; Quinta do Torreão; Quinta da Dona Rosina, ; Quinta de S. José

É também local de visita na Praia da Aguda o Parque Municipal e a Estação Litoral .

 

ÁREA/SITUAÇÃO GEOGRÁFICA

Arcozelo tem uma área de cerca de 27 Km2 .

Distanciada do centro do Concelho de uns 10Km , fica a 12Km do Porto e apenas a 5Km de Espinho, gozando duma situação de certo modo privilegiada, com bons meios de transporte, tanto rodoviários como ferroviários, boas estradas e fácil acesso a todos os pontos do país.

ASSOCIAÇÕES RECREATIVAS, DESPORTIVAS, CULTURAIS E AFINS

  Arcozelo possui , entre outras, as seguintes associações:

Federação do Folclore Português ( Sede Nacional)
Grupo Folclórico " A Rusga de Arcozelo"
Grupo folclórico " As lavradeiras de Santa Maria Adelaide"
Sporting clube de Arcozelo
Clube de Golfe de Miramar
Clube Alberto de Sousa ( "Gândara")
Eden Clube de Arcozelo
Associação recreativa da Praia da Aguda
Clube Recreativo e Desportivo da Boavista da Estrada
Sociedade Colombófila de Arcozelo
Clube Ornitológico Português
Seixos Sport Arcozelense
Grupo desportivo " Águias de Sá "
Associação dos Amigos da Aguda
Associação Juvenil " Arcojovem"
Associação Juvenil " Karaté-Dó"
Associação Juvenil " Salasianas Promotoras da Paz"
Grupo Desportivo do Morangal
Arco
Jisma I
Jisma II
JOC


             

Igreja Nova de Arcozelo                                             Capela Sta Maria Adelaide                                  Igreja Matriz de Arcozelo