Formação de Professores

Alcino Simões  Jul 02

Page do Formador

Não é nada fácil!
Uma acção de formação creditada demora imensas horas de pensamentos, escritas e cuidados árduos.                
 
           
 
         

É necessário verificar mil e um procedimentos essenciais para que o resultado final seja considerado bom.

       

 A

N

T

E

S 

A1) Reflexão:
       - Tenho competências para desempenhar o papel de formador? (relacionamento, motivação, auto-formação, disponibilidade, ...) 
       - Que outros conhecimentos poderei dinamizar em trabalho com professores? 
       - Que estratégias de trabalho são mais adequadas?
       - Quais as outras características da acção? (cronograma, local, materiais, objectivos, avaliação,...)

A2) Visita ao centro de formação para apresentar a acção. (Carta de intenções

A3) Escrita do formulário AN2 

A4) Ficha de identificação do formador; Lista de materiais e livros necessários

A5) Cronograma previsível (ver exemplo)

A6) Autorizações: Escola, DRE.

A7) Auxiliar na divulgação da acção (Inscrição do formando)

 

   
        

 

D

U

R

A

N

T

E

 

D1) Construir um site da acção de formação com toda a informação pertinente (pré-requisitos, software, sugestões, Lista dos formandos).

D2) Ficha de Expectativas para os formandos.

D3) Lista de contactos dos formandos, formador e centro de formação a escrever por cada um no inicio da acção (Contactos da acção)

D4) Ficha de apresentação da acção com o cronograma, objectivos, actividades, estratégias, avaliação,.... (exemplo) 

D5) Ficha orientadora do trabalho final a apresentar pelos formandos

D6) Fornecer ficha de actividades a realizar em cada sessão de trabalho.

D7) Fornecer em cada sessão de trabalho algumas propostas de pesquisas e de trabalhos extra-sessões.

D8) Registar as observações aos formandos efectuadas durante as sessões. (Observação do trabalho de grupo de formandos) (Observação da apresentação oral do formando)

D9) Registar uma reflexão, no final de cada sessão, sobre a realização das actividades e a participação dos formandos.

D10) Propor aos formandos, na última sessão, um questionário sobre os conteúdos da acção.

D11) Ficha de avaliação da acção pelos formandos. (Avaliação da acção pelo formando)

 

   
       
D

E

P

O

I

S

 

F1) Análise dos trabalhos dos formandos. 

F2) Avaliação dos formandos. (Avaliação dos Formandos) (Presenças dos formandos)

F3) Actualizar o site da acção de formação.

F4) Produzir um CD para todos os formandos com os materiais fornecidos, os produzidos e os utilizados.

F5) Relatório da Acção de formação. (proposta)

F6) Divulgação dos Resultados através do site, de um CD, de textos para revistas e jornais, ....

F7) Auto-avaliação do desempenho como formador (conhecimentos intrínsecos, conhecimentos pessoais,  tempo gasto,...) 

F8) Elaboração do Dossier do formador com todos os materiais utilizados. (Dossier da acção de formação)

 

   
       

 

Exemplos de acções de formação em diversas modalidades, já realizadas::

                 http://www.prof2000.pt/users/folhalcino/formar/

              http://www.prof2000.pt/users/coimbracom/formacao/matb/456/circ.htm/