Ensinar matemática

Alcino Simões   Abr 95

Planificação de

Do Espaço ao Plano: Sólidos Triângulos e quadriláteros

Matemática 7º Ano  1995/6

        Esta não é uma planificação definitiva. Antes serve de base de trabalho para a leccionação da disciplina de Matemática.

Pré - requisitos: Ângulos e amplitudes de ângulos; Classificação de triângulos e sua área;  Polígonos;Poliedros e não poliedros; Volume do paralelipípedo, do cubo e do cilindro; Área e perímetro de um rectângulo; Classificação de quadriláteros; Posições relativas de recta e plano.

Objectivos

Conteúdos

Nºaulas

Estratégias

-identifica e descreve poliedros, e entre eles os prismas as pirâmides;

-identifica e descreve a esfera, o cone e o cilindro;

-planifica e constrói sólidos geométricos;

-discute a possibilidade de construir um triângulo a partir de elementos dados, através da desigualdade triangular;

-constrói um triângulo geometricamente igual a outro;

-utiliza os critérios de igualdade de triângulos( l.l.l., l.a.l., a.l.a.) e a relação entre elementos de triângulos iguais na justificação de raciocínios;

-Identifica ângulos verticalmente opostos e ângulos de lados paralelos);

-usa as relações entre ângulos de lados paralelos, ângulos internos e ângulos externos de um triângulo, na justificação de raciocínios;

-identifica eixos de simetrias num triângulo;

-reconhece que num triângulo a lados iguais opõem-se lados iguais e vice-versa;

-classifica e distingue os quadriláteros;

-constrói paralelogramos a partir de condições dadas;

-usa as propriedades dos paralelogramos na justificação de raciocínios;

-analisa figuras formulando hipóteses;

-discute estratégias de resolução de um problema e interpreta os resultados;

-relaciona diferentes tipos de triângulos ou de paralelogramos com a existência de eixos de simetria;

-aplica as relações entre lados e ângulos opostos de um triângulo na análise de figuras;

-efectua medições em situações diversificadas, estimando uma margem de erro;

-determina áreas e volumes de sólidos e de objectos da vida real;

# Sólidos com faces triangulares e quadrangulares;

# Construção de triângulos;

# Desigualdade triangular;

# Critérios de igualdade de triângulos;

 

# Ângulos verticalmente opostos;

# Ângulos de lados paralelos;

 

 

 

# Propriedades dos paralelogramos;

 

 

 

# Eixos de simetria em triângulos e quadriláteros;

 

# Áreas e volumes de sólidos.

 

1

  

 

1

1

 

 

 

 

1

 

 

 

1

 

 

 

 

1

 

 

1

Total:7

Partindo da observação de sólidos geométricos do quotidiano o aluno vai identificar as suas partes constituintes e classificá-lo( por exemplo desmontar uma caixa para ver a sua planificação).

Os alunos constróem triângulos e classificam-nos. As propriedades dos triângulos "aparecem" das experiências por eles executadas.

Os desenhos feitos serão acompanhados da respectiva legenda.

Através de desenhos os alunos recordam as classificação de ângulos e deduzem as suas propriedades. Pedir aos alunos para desenhar um triângulo dando três elementos. comparar os vários triângulos obtidos com papel vegetal e discutir as conclusões.

 

Ao descreverem as figuras os alunos vão apreender as definições de polígonos, nomeadamente de quadriláteros e triângulos.

Os alunos calculam áreas laterais e volumes de sólidos que trazem de casa (latas, caixas, cones, taças, . .). Aproveitam-se os enganos e erros dos alunos para tirar conclusões.

Material a utilizar: ficha de objectivos; fichas de trabalho; máquina de calcular ; livro adoptado; ficha de exercícios ; objectos do quotidiano; régua; esquadros; compasso;

Avaliação: formativa; participações orais e escritas; testes de avaliação.