JORNAL 

DA JUVENTUDE

Escola E. B. 2+3 de Marrazes
Redefinição do modelo do jornal escolar
"Jornal da Juventude" para edição on-line
Trabalho para acção 7 - Jornais Escolares


 
 
10 – Avaliação

 


Redefinição do modelo do jornal escolar "Jornal da Juventude" para edição on-line

1 – Enquadramento

"Jornal da Juventude" é produção do Clube de Jornalismo integrado no Projecto Educativo da escola, sendo uma actividade de complemento curricular.

A possível edição on-line deste jornal pretende não só utilizar as novas tecnologias na sua produção, bem como levar o público-alvo a conhecê-las.

2 – Responsáveis

  3 – Colaboradores
  4 – Objectivos
  5 - Modelo
   Os assuntos tratados são diversificados, pois o interesse dos alunos também é muito variado, pelo que procuram incidir em temas ligados aos seus gostos próprios segundo a sua faixa etária.
    Assim, as rubricas do "Jornal da Juventude" serão:
                         
      Pretende-se que as várias secções sejam equitativas, exceptuando, pontualmente temas ou assuntos de maior enfoque.
       

      b) Público-alvo

  c) Suportes de publicação   O jornal terá "um rosto" do qual constarão o título, a periodicidade, os endereços, o editorial e as chamadas em "link" dos diversos artigos, ordenadas em sumário. No rodapé inferior aparecerá um contador de visitantes.

Aparecerá, ainda, no primeiro rosto, a ficha técnica daquele número e a periodicidade.

e) Periodicidade
 

6 – Organização/Funcionamento

A orientação está a cargo de três professoras responsáveis que coordenarão entre si as actividades a desenvolver. Funcionarão três grupos em horário diferenciado, de forma a alargar a possibilidade de opção pelos alunos: 6 horas de ocupação semanal (2h para cada prof.) em trabalho directo com cada grupo e 3 horas de planificação conjunta ( 1h para cada prof).

 

7 – Estratégias/ Actividades
 

8 – Estratégias de divulgação

Irão ser distribuídos pela escola "primeiras páginas" do jornal on-line com o endereço na base; o clube de informática anunciará o horário em que abrirá as suas portas para se aceder ao jornal da escola; solicitar-se-á a divulgação através do clube da rádio (existente na escola) ,dos D.T., dos professores da língua Mãe e de todos os colaboradores envolvidos.

 
9 – Recursos
 

10 – Avaliação
  •  Análise do contador de visitantes do jornal;
  •  
    • Relatório trimestral dos professores responsáveis;
     
    • Relatório-balanço no final de cada ano lectivo.
      •    
      As formandas da Escola EB 2,3 de Marrazes
       
        Fátima Pereira
        Cristina Marto