TESTES DO 12º ANO

ESCOLA SECUNDÁRIA DO FUNDÃO - ENSINO SECUNDÁRIO

CSPOVA (12º ANO)

FORMAÇÃO TÉCNICA - TECNOLÓGICO DE ANIMAÇÃO SOCIAL

Duração da prova: 60 m                                                                                                                                    1º TESTE

Nov./ 2000                                                                                                                                                        1º PERÍODO

PROVA ESCRITA DE PSICOSSOCIOLOGI

I

(3) 1) As atitudes são um dos conceitos mais estudados em Psicossociologia.

            Dê uma definição do conceito de atitude, explicando as diversas dimensões dessa definição.

II

 (3) 1) Como sabe existem diversas técnicas para medir as atitudes.

            Identifique os três (3) grupos de técnicas existentes explicando, de forma sucinta, em que consistem essas técnicas

(2) 2) A medição de fenómenos que se relacionam com a actividade da consciência é tarefa complexa. Apresente duas (2) razões que expliquem a complexidade do processo de quantificar as atitudes.

III

(2) 1) caracterize a perspectiva cognitivista sobre as atitudes, salientando a componente cognitiva dessas mesmas atitudes.

(2) 2) As crianças assumem os papeis e as atitudes dos outros que são significativos para elas, isto é, interiorizam-nos, tornando-os seus.

            Defina Socialização Primária salientando o aspecto referido anteriormente.

(3) 3) Identifique os agentes de socialização responsáveis pelas atitudes ao longo da vida dos indivíduos explicando, sucintamente, como influenciam a formação das atitudes.

IV

              “ Analisou-se, num estudo, a relação entre atitudes gerais sobre a ecologia e um acto particular; oferecer-se como voluntário para várias actividades do Sierra Club. Não se encontraram quais quer relações. Mas, quando se testaram as atitudes para com o próprio Sierra Club, verificou-se uma correlação substancial entre atitude e acção; aqueles que afirmavam pontos de vista fortemente positivos apresentavam maior tendência para se oferecerem com voluntários.”

H. Gleitman, Psicologia, Fundação calouste Gulbenkien, 1993

(2) 1) caracterize a relação entre atitudes e comportamento.

(3) 2) A função cognitiva das atitudes pode ser norteada pelo principio do equilíbrio.

            Caracterize esse principio

BOM TRABALHO

---------------------------------------------------------------------

ESCOLA SECUNDÁRIA DO FUNDÃO - ENSINO SECUNDÁRIO

CSPOVA (12º ANO)

FORMAÇÃO TÉCNICA - TECNOLÓGICO DE ANIMAÇÃO SOCIAL

Duração da prova: 60 m                                                                                                                                    1º TESTE

Nov./ 2001                                                                                                                                                        1º PERÍODO

PROVA ESCRITA DE PSICOSSOCIOLOGIA

I

            “ (...) o conceito de atitude foi talvez o primeiro a dar identidade à Psicologia Social, posicionando-se como ele de ligação entre a Psicologia Individual e a Sociologia na medida em que permitia identificar o posicionamento de um indivíduo específico face à realidade social.”

(3) 1) Explique as várias dimensões do conceito de atitude.

(2) 2) As crianças assumem os papéis e as atitudes dos outros que são significativas para elas, isto é, interiorizam-nos, tornando-os seus. Seguindo esta ideia defina Socialização Primária.

(2) 3) A relação entre atitudes e comportamentos não é unívoca nem estática. Justifique esta afirmação.

II

 (2) 1) As atitudes são fenómenos não observáveis cuja medição levanta uma série de problemas. Identifique três (3) dificuldades inerentes á medição das atitudes

(2) 2) Apesar da dificuldade construíram-se várias técnicas para fazer essa medição. Diga o que entende por técnicas que medem respostas cognitivas, dando exemplos dessas técnicas

(3) 3) Caracterize as técnicas que medem respostas afectivas. 

(1) 4) Identifique as 3 componentes das atitudes.

(2) 5) Explique uma dessas componentes.

II

(3) 1) Quando, por exemplo, um indivíduo é pressionado a agir de determinada forma, contrária às suas convicções, pode produzir-se um fenómeno de dissonância cognitiva. Defina este processo e explique qual a tendência do indivíduo nesta situação.

BOM TRABALHO

---------------------------------------------------------------

ESCOLA SECUNDÁRIA DO FUNDÃO - ENSINO SECUNDÁRIO

CSPOVA (12º ANO)

FORMAÇÃO TÉCNICA - TECNOLÓGICO DE ANIMAÇÃO SOCIAL

Duração da prova: 60 m                                                                                                                                    1º TESTE

Fev./ 2001                                                                                                                                                         2º PERÍODO

PROVA ESCRITA DE PSICOSSOCIOLOGI

I

(2) 1) A função cognitiva das atitudes pode ser norteada pelo principio do equilíbrio. Caracterize esse principio

(2) 2) Explique as funções sociais das atitudes.

(3) 3) Como sabe a mudança social só é possível se houver mudança de atitudes. Explique como o conflito sócio – cognitivo pode levar à mudança de atitudes.

II

 (3) 1) Explique a perspectiva sobre discriminação que afirma que a discriminação tem origem  social

(2) 2) Dê uma definição de identidade social.

(3) 3) Comente a frase “ A identidade social adquire-se no quadro das relações interpessoais e intergrupais.

III

              “Numerosas especulações, teorias e estudos centram-se naqueles que são vistos como estrangeiros na colectividade, uma vez que se desviam das normas (...) as investigações de caracter científico tentaram encontrar respostas a questões como “ porque é que se comportam assim? Ou o que é que os conduz a fazerem coisas interditas?

(1) 1) Com base no texto anterior defina identidade desviante.

(2) 2) Descreva a produção de imagens negativas estereotipadas.

(2) 3) A identidade é uma construção dinâmica que integra diferentes experiências ao longo da vida, suportadas por processos de identificação e identização. Distinga estes dois processos.

BOM TRABALHO

-----------------------------------------------------------------------

ESCOLA SECUNDÁRIA DO FUNDÃO - ENSINO SECUNDÁRIO

CSPOVA (12º ANO

FORMAÇÃO TÉCNICA - TECNOLÓGICO DE ANIMAÇÃO SOCIAL

Duração da prova: 90 m                                                                                                                                    2º TESTE

Mar./ 2001                                                                                                                                                         2º PERÍODO

PROVA ESCRITA DE PSICOSSOCIOLOGIA

GRUPO I

Neste grupo pretendem-se respostas de composição curta e orientada

            « A formação da identidade é encarada como um processo integrador das transformações pessoais, das exigências sociais e das expectativas em relação ao futuro. Erikson afirma que a formação da identidade envolve a criação de um sentido de unicidade; a unidade da personalidade é, agora, sentida pelo indivíduo e reconhecida pelos outros como tendo uma certa consistência ao longo do tempo.»

N. Sprinthall e W. Collins, Psicologia do Adolescente       

(2) 1) Defina estratégia identitária.

(2) 2) Justifique a afirmação: “ O processo de formação da identidade negativa é indissociável das interacções negativas e da estigmatização “.

(2) 3) Relacione o conceito de identidade social com o de estatuto social.

(2) 4) Justifique a afirmação: “ O desvio não é uma qualidade do acto que o indivíduo comete, mas uma consequência da aplicação pelos outros de normas e sanções a um transgressor”.

(2) 5) Quando a diferença e a singularidade se encontram ameaçadas, os indivíduos podem desenvolver diferentes estratégias identitárias.

            Caracterize a diferenciação como estratégia identitária.

(2) 6) A identidade é o resultante de 2 transacções: uma interna ao indivíduo, e outra externa, entre o indivíduo e aqueles com quem interage.

            Distinga identidade real de identidade virtual.

(2) 7) Através da conformidade, do anonimato e da assimilação, os indivíduos tentam resolver os conflitos identitários em proveito do sistema social dominante.

            Caracterize duas dessas estratégias.

(2) 8) A identidade é um processo que envolve os actores sociais. Explique o papel da socialização na construção da identidade.

GRUPO II

Neste grupo pretende-se uma resposta aberta e orientada     

“ Algumas das articulações mais interessantes entre cultura e relações sociais prendem-se com a formação de identidades socioculturais. 

            No decurso da vida social, as pessoas, ao relacionarem-se umas com as outras, vão desenvolvendo sentimentos de pertença a determinados grupos ou sectores sociais, de algum modo demarcados dos outros ou a eles contrapostos. 

            Identificamo-nos com uma família  e não com outras; pode ser significativo para nós pertencermos a um determinado bairro, a uma região ou a um país – distinguimo-nos, assim, dos naturais ou dos habitantes de outras paragens; acontece a alguns de nós sermos de um clube desportivo e torcermos por ele na competição com os restantes; podemos levar a peito a nossa pertença a uma certa profissão, a uma organização, a uma classe social. 

            Os potenciais círculos identitários são os mais diversos. Cada pessoa identifica-se com vários. Além disso, a relevância de cada uma dessas identificações varia de situação para situação: a acção social dos indivíduos e dos grupos vai convocando preferencialmente uma e outra, consoante o seu significado para as sucessivas circunstâncias do relacionamento em sociedade. Por outro lado, as trajectórias de vida pessoais vão redefinindo as identificações socioculturais de cada um. E os processos sociais vão criando, destruindo ou modificando as identidades colectivas. A formação de identidades é, pois, um processo relacional e cultural” 

A. Costa, Sociologia, 1992           

(4) 1- Comente o texto, explicando:

  -    A construção da identidade através de um processo social e cultural

  -    O carácter dinâmico desta construção

BOM TRABALHO

---------------------------------------------------------------------------

ESCOLA SECUNDÁRIA DO FUNDÃO - ENSINO SECUNDÁRIO

CSPOVA (12º ANO)

FORMAÇÃO TÉCNICA - TECNOLÓGICO DE ANIMAÇÃO SOCIAL

Duração da prova: 120 m                                                                                                                                 1º TESTE

Maio/ 2001                                                                                                                                                        3º PERÍODO

PROVA ESCRITA DE PSICOSSOCIOLOGIA

GRUPO I     

       Neste grupo pretendem-se respostas curtas e objectivas   

(2) 1) Entender a interacção como fenómeno social é considerar que o encontro entre indivíduos envolve sempre mais do que a personalidade dos sujeitos que interagem. Defina interacção como fenómeno social total.

(2) 2) Identifique as três dimensões do conceito de interacção social.

(2) 3) Jacobson propõe um modelo de análise da comunicação humana inspirado na linguística. Identifique quatro das componentes básicas da comunicação, segundo este modelo.

(2) 4) A comunicação pode ser definida como um sistema aberto de interacção que obedece a certos princípios. Descreva três princípios subjacentes à abordagem sistémica da comunicação.

(2) 5) Para C. Rogers, a capacidade de criar relações que facilitem o crescimento do outro mede-se pelo desenvolvimento que cada um atinge individualmente. Enuncie quatro das atitudes que favorecem o crescimento, segundo este autor.

(2) 6) Para C. Rogers, as relações que estabelecemos com os outros podem contribuir para o seu equilíbrio e desenvolvimento. Explique porque razão a capacidade de permitir a independência do outro é uma atitude que favorece o crescimento.

(2) 7) Defina congruência segundo C. Rogers.

(2) 8) Num processo de mudança, a forma como o indivíduo se relaciona com as suas experiências vai-se transformando. Descreva as fases dessa transformação.

GRUPO II

       Neste grupo pretende-se uma resposta aberta e orientada    

            “ O tempo é uma realidade limitada na vida de cada um de nós e uma realidade que flui, que foge (...) Com efeito, como administramos, bem ou mal, esse tempo, assim será a qualidade da nossa vida. Em relação à família isto é ainda mais verdadeiro.

            Uma grande parte do nosso tempo e das nossas forças, por gosto ou por necessidade, é orientada para o trabalho. Se tomarmos este num sentido muito lato, até podemos dizer que a maior parte da nossa vida é dedicada ao trabalho.

            (...) Apesar de tudo, e face ao que a vida moderna exige dos homens e às solicitações que lhe são dirigidas de todos os lados, verificamos que o tempo não é vivido da mesma forma por todos os indivíduos. Também ele marca as diferenças.”

J. Soares, “Tempo para o Trabalho, Tempo para a Família”, Seminário

Tempo para o Trabalho, Tempo para a Família, Lisboa, M.E.S.S. 1989

(4) 1) Comente o texto;

- referindo a importância do tempo na interacção social

-  explicando a forma como as sociedades modernas fragmentam o tempo social

FIM 

BOM TRABALHO

VOLTAR À PÁGINA DO 7º GRUPO