Geografia 7º Ano
   
  
 
 

A TERRA: ESTUDOS E REPRESENTAÇÕES

 
 

Unidade 1-  Escalas

 Deves ser capaz de:

- Dar uma noção de escala.
- Distinguir escala gráfica de escala numérica.
- Identificar mapas de grande e pequena escala.
- Referir as características dos mapas de grande escala.  
- Referir as características dos mapas de pequena escala.
- Calcular uma distância real, sabendo a distância do mapa e a escala do mapa.
- Calcular uma distância no mapa, sabendo a distância real e a escala do mapa.
- Calcular a escala de um mapa, sabendo a distância no mapa e a distância real.  

A importância das escalas nos mapas...

Da ESCALA dependem muitas vezes os métodos e os instrumentos de análise assim como as observações e as generalizações possíveis.

Em Geografia, é fundamental saber mudar de escala e combinar os diferentes níveis de análise.

O termo é, por outro lado, de emprego difícil pois que “grande” escala corresponde a uma porção de terreno reduzida e “pequena” escala corresponde a um vasto território (designando grande e pequena o resultado da divisão).

A escala traduz assim, a relação entre a distância no mapa e a correspondente distância na realidade, ou seja, indica-nos quantas vezes a realidade foi reduzida.

Como sabes, para representar a superfície da Terra no seu todo ou em parte numa folha de papel temos de reduzir a realidade. Por exemplo, se quiseres representar Portugal Continental numa folha de papel A4 tens de reduzir a dimensão do país cerca de 1,9 milhões de vezes.

A escala pode ser representada de duas formas distintas:

ESCALAS NUMÉRICAS E ESCALAS GRÁFICAS

ESCALAS NUMÉRICAS:

A escala numérica é representada sob a forma de fracção. O numerador é sempre a unidade (1) e indica a distância no mapa, e o denominador a distância real (número de vezes que a realidade foi reduzida para ser cartografada) correspondente, sempre em centímetros (cm).

A escala numérica pode ser representada de três formas diferentes.

Exemplo:

ESCALAS GRÁFICAS:

A escala gráfica é representada sob a forma de um segmento de recta, normalmente subdividido em secções e ao longo do qual são registadas as distâncias reais correspondentes às dimensões do segmento. Nalguns mapas essas distâncias surgem na escala métrica europeia ( fig. 1) e noutros conjugam-se as unidades de medida europeias com as anglo-saxónicas (fig. 2) - em milhas ( utilizadas pelos ingleses e americanos).

                          
Fig. 1 - Escala gráfica em Km ( escala métrica)                     Fig. 2 - Escala gráfica em Km e milhas

 

Ex.: Na escala 1: 100 000 - "1 cm" representa a distância no mapa enquanto que o "100 000 cm" representa a distância real. Isto significa que 1 cm no mapa corresponde a 100 000 cm na realidade, ou seja 1 km

 

Exemplo da utilização dos dois tipos de escalas na mesma situação

Já deves ter reparado que alguns mapas trazem uma escala gráfica, outros trazem uma escala numérica e, existem ainda, os que trazem os dois tipos de escalas. Observa o mapa de Portugal e poderás ver que o mesmo mapa pode ser acompanhado por qualquer um dos tipos de escalas. Como sabes, as escalas gráficas e numéricas representam-se de forma diferente mas têm o mesmo objectivo.

 

Vantagens e desvantagens da utilização das escalas gráficas e numéricas...

Escala gráfica

Escala numérica

Vantagens

Desvantagens

Vantagens

Desvantagens

Mantêm-se a proporcionalidade quando surgem reduções, ampliações

Menor precisão/rigorosa

Maior precisão/rigorosa

Imprópria para reduções, ampliações

 

COMPARAÇÃO ENTRE ESCALAS:

Aplicação
Área representada
Tamanho da escala Nível de análise (nº e qualidade dos pormenores
Quantidade de território
representado
Planta da casa 1:100/1:200
 Grande escala
 
 
 
(Escala igual ou superior a 1/100.000)
 
 
Nível de análise é maior
 
 
(muitos pormenores)

 

 

Reduzido (menor  área representada)

escala descritiva

Planta de arruamentos 1:500/1.1000 
Planta  de bairros de cidades,  aldeias.
1:1.000/1:2.000/1:5.000
Mapas de  grandes propriedades (rurais ou industriais), província, região. 10.000/1:25.000/1:50.000/

1:75.000/1:100.000

Mapas de estados, países, continentes, Mundo 1:800.000/ 1:10.000.000/90.000.000/

1: 600 000 000

Pequena escala

 (Escala inferior a 1/100.000)

Nível de análise é menor

(poucos pormenores)

 Elevado (maior  área representada)escala explicativa

Nota: Quanto maior o denominador da fracção, mais reduzida é a escala.

 

Consoante o grau de redução efectuado para realizar o mapa vamos ter mapas de diferentes escalas. Vamos considerar duas grandes categorias de mapas atendendo ao grau de redução; o mapas de grande escala e os mapas de pequena escala.

Os mapas de grande escala mostram muitos pormenores da realidade ( ruas, quarteirões, vias de comunicação, etc., sendo, por isso, muito úteis para a exploração a pé de uma pequena área.

Para representar a ocupação do solo numa cidade é necessário trabalhar com mapas de grande escala, em que a área representada é menor e o nível de análise é maior.

 

 

 

 

 

Planta de Lisboa ( mapa de grande escala).

Os mapas de grande escala são mapas que se aproximam muito da realidade, ou seja, não foram muito reduzidos. Têm escalas compreendidos entre 1/10 000 e 1 / 100 000. Por exemplo : 1/50.000 é superior a 80.000. Estes mapas representam pequenas áreas de território mas com uma grande riqueza a nível do pormenor. 

As plantas e  mapas topográficos (que representam colinas, rios, cidade e comunicações da área representada)  são exemplos de mapas de grande escala.

Carta Topográfica
Carta topográfica ( fonte: Instituto Geográfico do Exército)1/50.000
 

Os mapas de pequena escala são mapas em que a realidade foi muito reduzida, servindo para representar grandes superfícies ou a totalidade do planeta, mas com poucos pormenores ( mapa corográfico,  planisférios ou mapas-mundi ). Têm escalas inferiores a 1/100 000. Estes mapas representam vastas áreas de territórios mas com pouca riqueza de pormenor. Estes mapas servem sobretudo para termos uma visão de conjunto acerca dos fenómenos que se passam a nível mundial, como é o caso da distribuição mundial do climas..


Mapa de pequena escala

Dentro dos mapas de grande escala podemos encontrar as plantas (com escalas superiores a 1/10 000) e os mapas topográficos. Na categoria dos mapas de pequenas escalas temos os mapas corográficos e os planisférios.

 A escala de um mapa é um auxiliar precioso para calcularmos distâncias. Face a um mapa podemos de ter de calcular:

  • a distância real;
  • a distância no mapa;
  • a escala do mapa

Para trabalhar com escalas, ou seja, para saber quanto mede determinada distância entre dois pontos na realidade, é necessário saber fazer reduções.

Quilómetro
Hectómetro
Decâmetro
Metro
Decímetro
Centímetro
milímetro
km
hm
dam
m
dm
cm
mm

Nota: Não te esqueças das reduções. Não podes misturar diferentes unidades na mesma operação.

Segue as  seguintes regras:

Exemplos:

6 000 000 cm = 60 km (conta-se 5 casas para a esquerda a partir das unidades)

10 km = 1 000 000 cm (conta-se 5 casas para a direita a partir das unidades)

 

COMO CALCULAR DISTÂNCIAS REAIS

    1. Identifica a escala presente no mapa - 1/21000000. 

    2. Mede com a régua a distância entre os lugares que queres saber.

Exemplo :

              Lisboa - Londres    ( 9cm )

    3. Usa a regra da proporcionalidade para calcular a distância real.

         1cm          9cm
-------------- = --------
21000000cm       X

          

                                               x = 21000000 x 9:1

:X=189.000.000

X= 1890Kms

 

Problemas com escalas

Problema A - Temos um mapa com escala 1 / 250 000. Nesse mapa as localidades A e B estão separadas 4 cm. Qual a distância que as separa na realidade?

Neste problema sabemos a escala e a distância no mapa. Pretendemos saber a distância real.

Resolução:

         1cm          4cm
-------------- = --------
250000 cm          X

          

                                               x = 250000 x 4

:X=250000cm=1000000cm

X= 10 Kms

Resposta: as duas localidades distam entre si 10 km.

 

Problema B - No mesmo mapa, queremos assinalar uma localidade K que se encontra situada  3 km  a Norte da localidade A.

Neste problema sabemos a escala do mapa e a distância real. Queremos saber a distância no mapa.

Resolução:

1º  - temos de reduzir os 3 km a centímetros, dá 300000. Agora já podemos efectuar os cálculos.

         1cm             X
-------------- = --------
250000 cm        300.000

           X=300.000 : 250000 =1,2 cm

Resposta: no mapa devemos medir 1,2 cm, para Norte da localidade A e assinalar a localidade K.

 

Problema C - Temos uma planta de uma sala de aula sem escala. Nesta planta as janelas estão representadas com 1 cm, mas sabemos que na realidade medem 3 metros.

Neste problema sabemos a distância no mapa e a distância real. Queremos saber a escala.

Resolução:

1º  - temos de reduzir os 3 m a centímetros, dá 300. Agora já podemos efectuar os cálculos.

 

     1cm                 1
-------------- = --------
300 cm                  X

           X=300 x 1:1  =300

  Resposta: a escala dessa planta é de 1 / 300.


Exercícios

Escalas conceitos

 

Escalas 01

 

Mapas a diferentes escalas

 

Links

PowerPoint