0x0RMb1f<6""'3rNElAL$|8<"32OdR]Koenww3v(ZVf jx&e6%={N8b` 0h³o\ t - - M4%W YxΏXK<5XUj/><0NF VHtFg>Ќ#k z٨îy ̓Pwm@V(zPfQ~<N`4ǿN&@iH ,L[p٢'u_u֕!X^ :nT,S4-Feܳ3珐!@ dlX7MdBNI+qBt'<"5X/UCxU</zSX9;)d:^փ@b̷}$l{:!ҕ|QՇ4|/Ob/ o|]qj\rA |He?#SCy9eis-EO~:7+ZlĀf6#|~5Z̅A_CCO_ tݱս Q zSlΆiچC_2&:pQgK9k^$3(խ?/=ORz;ѹq( >i bEl}۾2xӞ?OŚ oa7/4UwI!/mq 2 48 2002-03-23T16:44:00Z 2002-03-23T16:46:00Z 2002-03-23T16:46:00Z 1 368 2099 AMMA 81920 17 4 2577 9.4402 1 120 1600x1200

Escola Secundria/3 da S-Lamego

Ficha de Trabalho

Matemtica Aplicada s Cincias Sociais

Ano Lectivo 2002/03 10. Ano

Os Camelos de Malba Tahan

 

 

 

 

Poucas horas havia que viajvamos - eu e Beremiz Samir (O Homem que Calculava) - ambos montados num camelo, pela estrada de Bagdad, quando nos ocorreu uma aventura digna de registo, na qual eu e o meu companheiro de viagem Beremiz, com grande talento, ps em prtica as suas habilidades de exmio algebrista.

Resumo da ocorrncia:

 


Encontrmos trs homens que discutiam acaloradamente ao p de um lote de camelos. Por entre as pragas e improprios gritavam possessos e furiosos:

No pode ser!

Isto um roubo!

No aceito!

O inteligente Beremiz procurou informar-se do que se tratava.

- Somos irmos - esclareceu o mais velho - e recebemos como herana esses 35 camelos. Segundo a vontade expressa de meu pai, devo receber metade, o meu irmo Hamed Namir uma tera parte e ao Harim Namir, o mais moo, deve tocar apenas a nona parte. Como fazer a partilha se a metade, a tera parte e a nona parte de 35 no so exactas?

- muito simples, atalhou o Homem que Calculava. Encarrego-me de fazer, com justia, essa diviso, se permitirem que eu junte aos 35 camelos da herana este belo camelo que, em boa hora, aqui nos trouxe! Vou fazer a diviso justa e exacta dos camelos que so agora, como vem, em nmero de 36.

E, voltando-se para o mais velho, Beremiz assim falou:

- Deverias receber metade de 35, ou seja, 17 e meio. Recebers metade de 36, ou seja, 18. Nada tens a reclamar, portanto, pois saste lucrando com essa diviso! E tu, Hamed Namir, deverias receber 1/3 de 35, isto , 11 e pouco. Vais receber 1/3 de 36 que igual a 12. Tambm no podes reclamar, pois tu tambm saste com visvel lucro na transao. E tu, jovem Harim Namir, segundo a vontade de teu pai, deverias receber 1/9 de 35, isto , trs e tanto. Vais receber 1/9 de 36, isto , 4. O seu lucro foi igualmente notvel!

Ora, como 18+12+4=34, dos 36 camelos, restam 2. Um, j sabemos que do meu amigo e companheiro de viagem. O outro camelo que resta, por direito ser meu, pois vocs havero de concordar que eu fiz uma partilha justa!

- Sois inteligente, estrangeiro! Exclamou o mais velho dos trs irmos. Aceitamos a vossa partilha na certeza de que foi feita com justia e equidade!

E o astucioso Beremiz, o Homem que Calculava, tomou logo posse de um dos mais belos jamales" do grupo e disse-me entregando‑me pela rdea o animal que me pertencia.

- Poders agora, meu amigo, continuar a viagem no teu camelo manso e seguro! Tenho outro especialmente para mim!


 


 

 

 

 

Que explicao pode ter este estranho caso?

 

 

 

 

 

AM 2002 Crculo de Estudos Desenvolvimento do Programa de 10. Ano de Matemtica Aplicada s Cincias Sociais