CPU - Unidade Central de Processamento

A CPU ou UCP (Unidade Central de Processamento), também chamada de processador ou microprocessador, é o "cérebro" do computador. É no processador que são feitos os cálculos lógicos e aritméticos e o controlo de toda a máquina. Pode-se mesmo afirmar que o computador é a CPU, o resto são periféricos.

A CPU é um circuito integrado (chip) de vital importância para o computador. Dentro do processador existem milhões de transístores.

 

 

 

 

 

Evolução dos processadores da Intel

Desde o 4004 de 1971, com 2300 Transístores, sem Cache, com uma velocidade 108 kHz, com registos internos de 4 bits, com barramento de dados de 4 bits e com memória endereçável de 640 Bytes, chegando ao Pentium 4 de 2001, com 42 000 000 de Transístores, com 20 Kbytes em L1 e 256 Kbytes em L2, com uma velocidade até 2,7 Ghz, com registos internos de 64 bits, com barramentos de dados de 64 bits e com memória endereçável de 64 Gbytes.

Principais processadores da INTEL

Ano

Micro Processador

Velocidades disponíveis - (kHZ / MHz / GHz)

1971

4004

108 kHz

1972

4040

108 kHz

1972

8008

200 kHz

1974

8080

2 MHz

1976

8085

5 MHz

1978

8086

4,77/8/10 MHz

1979

8088

4,77/8/10 MHz

......

1982

V-20

10/12/20 MHz

1982

80286

8/10/12,5 MHz

1988

80386-SX

16/20/25/33 MHz

1985

80386-DX

12,5/16/20/25/33/40 MHz

1991

80486-SX

25/33/40 MHz

1990

80486-SX2

20/25/33/50 MHz

1992

80486-SL

25/33 MHz

1992

80486-DX2

50/66 MHz

1992

80486-DX4

75/100 MHz

1992

PENTIUM

66/75/90/120/150/166/200 MHz

1995

PENTIUM PRO

166/180/200 MHz

1997

PENTIUM MMX

166/200/266 MHz

1997

PENTIUM II

233/266/300/350/400/450 MHz

1998

PENTIUM II Celeron

300/333/366/400/466/500 MHz

1998

PENTIUM II Xeon

450/500/550 MHz

1999

PENTIUM III

450/500/533/550/600/650/667/700/750/800/850/860 MHz /1 GHz

2001
PENTIUM 4
1.3/1.4/1.5/2,7 GHz

.....

 

 

Evolução dos processadores da AMD

Os processadores não são e não foram apenas criados pela Intel. Outros fabricantes evoluíram os seus processadores até aos dias de hoje, como é o caso da AMD.

•  AMD X5 - conhecido como AMD 5x86 com velocidade de 133 MHz, foi projectado para competir com o Pentium de 60 e 66 MHz, e possuía um desempenho similar ao de um Pentium 75.

•  AMD K5 - de 133 MHz, foi o primeiro microprocessador compatível com o Pentium lançado pela AMD. Apesar de veloz, inteiramente compatível com o Pentium e bem mais barato, demorou muito a chegar ao mercado. A Intel já tinha lançado o Pentium 200 MMX.

•  AMD K6 - este chip é o mais recente da família AMD, muito mais rápido que o K5, vem com instruções MMX, mais barato e mais rápido que um Pentium MMX do mesmo clock.

...........

...... ......

 

Evolução dos processadores da Cyrix

A primeira versão de processadores da Cyrix foi o Cx 5x86, concorrente do 486, e possuía um desempenho equivalente ao de um Pentium 90 MHz. Com a chegada do 6x86-P200+, a Cyrix começou a competir com o Pentium. Na época em que o Pentium mais veloz era o 166 MHz, por exemplo, a Cyrix já produzia o seu 6x86 P200+, com desempenho superior ao de um Pentium 200 MHz.

O próximo processador da Cyrix foi o 6x86 MX-P200+, que se comporta de forma idêntica a um Pentium, e possui compatibilidade total, pino a pino, o que significa que podemos instalá-lo em placas de CPU Pentium. Portanto, possui características semelhantes em relação ao barramento de dados e de endereços, além da memória cache interna e do coprocessador matemático.

 

Versões dos processadores Cyrix:

 

Versões

Velocidades disponíveis - (kHZ / MHz / GHz)

 

6x86-P120+

100 MHz

 

6x86-P133+

110 MHz

 

6x86-P150+

120 MHz

 

6x86-P166+

133 MHz

 

6x86-P200+

150 MHz

Processador de 150 MHz com desempenho superior ao Pentium 200

........

.....

E ainda outros fabricantes:

.......

 

 

 

 

Evolução do processadores

Com a evolução dos processadores para permitirem velocidades de processamento cada vez mais elevadas, aumenta proporcionalmente o calor produzido. Desta forma, os processadores passaram a necessitar de dispositivos de arrefecimento. Alguns são acoplados ao processador, outros são colocados em cima do processador, por forma a reduzir as emissões de calor.

......