Relatório de Avaliação Externa da Formação TRENDS
- 2ª FASE - Julho 1998 -


ÍNDICE

I. INTRODUÇÃO
II. CONSIDERAÇÕES METODOLÓGICAS
III. ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO DA INFORMAÇÃO  ESCRITA CONTIDA NOS REGISTOS DE OCORRÊNCIAS

1. análise e interpretação da informação contida nos registos de ocorrências por acção de formação
1.1. análise e interpretação da acção de formação 1
1.2. análise e interpretação da acção de formação 2
1.3. análise e interpretação da acção de formação 3
1.4. análise e interpretação da acção de formação 4
1.5. análise e interpretação da acção de formação 5
1.6. análise e interpretação da acção de formação 6
1.7  análise e interpretação da acção de formação 7
1.8. análise e interpretação da acção de formação 9

2. análise e interpretação da informação contida nos registos de ocorrências por actores da formação
2.1. O grupo dos/as formadores/as
2.2. O grupo dos formandos/as
2.3. O grupo dos/as lideres
2.4. "uma navegação com ventos favoráveis e algumas calmarias...- conclusões

3. Análise global do modelo de formação
3.1  Captando configurações em torno das acções de formação
3.2. Captando configurações em torno dos/as formadores/as
3.3. Captando configurações em torno dos/as lideres

IV. Identificação de campos problemáticos
V. Sugestões