Edição 5
Página

Formação de professores a distância


Chegados a 2002, e tendo como suporte a legitimidade de uma experiência acumulada em 5 anos de acompanhamento da formação de professores a distância [1997-2002], o Prof2000 entende ser oportuno promover a discussão pública em torno de uma temática, hoje, também em Portugal, definitivamente, referência obrigatória no âmbito das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação.

Neste sentido, organizámos um painel alargado de entrevistas, solicitando a diferentes intervenientes na formação (Formandos, Formadores, Líderes de escola, Centros de Formação e Órgãos de Gestão) as suas opiniões sobre questões concretas relacionadas com a formação de professores a distância, procurando captar na diversidade das experiências o essencial de um processo, a todos os títulos, pioneiro em Portugal.

Quisemos saber das motivações, expectativas, dificuldades e formas de superação, mas também das vantagens ou desvantagens e dos impactos de uma formação que, pela especificidade dos meios e conceito, se pode definir, ela também, como um processo em plena formação.

Tratando-se de um painel de entrevistas em que os "actores" representam diferentes papéis e se expressam em nome individual, a leitura, porém, parece-nos contribuir, de algum modo, para uma compreensão mais abrangente do conceito de formação de professores a distância no Prof2000.


Índice

  • Editorial
  • Prof2000 e Formação de professores a distância
  • Ser formando ...
  • Ser formador ...
  • Líder de escola...
  • Órgãos de Gestão ...
  • Centros de Formação ...

 


Se deseja receber por mail o jornal Ágora, clique aqui!


....
Prof2000 e formação de professores
O Programa Prof2000 - Programa de formação Contínua de Professores a Distância - é herdeiro dos bons resultados obtidos e de uma prática aprendida no projecto TRENDS, por definição, um projecto de formação de professores à distância, nascido em 1996 em resultado do Programa TELEMATIC APPLICATIONS da DGXIII da Comunidade Europeia, e tendo como "objectivo fundamental a formação de 2400 professores dos 2º e 3º ciclos dos Ensinos Básico e Secundário, no uso das Tecnologias da Informação e Comunicação, no seu processo de aprendizagem contínua, em seis países diferentes: Portugal, Espanha, Itália, Grécia, França e Reino Unido."

Em Portugal ultrapassou largamente os objectivos iniciais propostos e, actualmente, constitui-se como a maior rede nacional de formação contínua de professores, tendo proporcionado até ao presente formação à distância, baseada na utilização das novas Tecnologias de Informação e Comunicação, a mais de 3000 professores dos ensinos Básico e Secundário que frequentaram cerca de 100 acções de formação distribuídas pelas mais variadas áreas curriculares.

No Programa Prof2000 participam, em parceria, a Portugal Telecom/PT Inovação e o Ministério da Educação/DREC, abrangendo 99 Escolas e 35 Centros de Formação.
.


Participam neste número

Formandos:
....... Anabela Gil - Secundária do Fundão
Aníbal Gonçalves - EB 2º ciclo - Miranda do Douro
António Magalhães - EB 2,3 Guilherme C. Carvalho - Seia
Conceição Limas - Sec. Jaime Magalhães Lima - Aveiro
José Barbosa - EB 2,3 Serra da Gardunha
José Cruz - Secundária S. João da Talha
Formadores:
António João Lopes - Secundária de Esmoriz
José Paulo Vasconcelos - Sec. Sta Maria do Olival - Tomar
Líderes de escola Prof2000:
José Martins - Sec. Felismina Alcântara - Mangualde
Fátima Regalado - EB 2,3 DIas Simões - Ovar
Fernanda Rodrigues - Sec. Sebastião da Gama - Setúbal
Órgãos de gestão de escola
António Amaral - Secundária da Sé - Lamego
Diamantino Mendes - Secundária de Pombal
José Marta - EB 2,3 de Aradas - Aveiro
Centros de formação
Centro de Formação de Oliveira de Azeméis
Centro de Formação de Penalva e Azurara - Mangualde
.

Coordenação e organização de textos: Centro de Treino-Prof2000