Tema: "O direito ao sucesso na Escola"   
Moderado por: Dr. José Afonso Baptista - Direcção Regional de Educação do Centro 
 
    Session Start: Tue Oct 21 15:34:48 1997 
    * Now talking in #direito_sucesso_escola
<JAfonso> Boa tarde! 
<ib> Boa tarde JAfonso! 

<madmonke> bem vindos a partir de agora quem não respeitar os objectivos vai apanhar ar. 
Obrigado! 
 
<Maia> Sr. Director seja bem vindo 
<ib> Bem vindo Sr. Director 
<Edgar> Olá amigos!! 
<Antonio> Viva de novo! 
<Maia> Olá de novo 
<Maia> Sr. Director quando fala de curricula alternativos, pretende propor exactamente o quê? 
<oliv> Boa tarde 
<ib> Gostariamos de ver o debate iniciado... 
<oliv> e os curricula? 
<oliv> entao? 
<Maia> Calma, estamos a resolver problemas em Coimbra 
<JAfonso> ha alguma inexperiencia deste lado e problemas de linha 
<JAfonso> vamos entao procurar manter a conversa 
<Maia> muito bem 
<oliv> vamos la 
<esv> sim 
<Penela> de que se está a falar? 
<JAfonso> podem colocar de novo a questao dos curriculos 
<esfc9> o que significa SUCESSO 
<ib> Sr. Director, o sentimento aqui na escola é de espectativa... 
<oliv> sucesso e o mesmo que satisfacao? 
<Penela> não necessáriamente 
<esfc9> sucesso de quem: dos profs? dos alunos? 
<oliv> e realizacao pessoal? De ambos evidentemente 
<esfc9> não se confundir realização pessoal com profissional 
<oliv> porque? 
<Edgar> não se estará a colocar td o peso na escola? 
<oliv> uma coisa nao impliaca a outra? 
<esfc9> porque as nossas espectativas podem não ser as dos outros ou as mais correctas para os grupos 
<Edgar> a escola normalizada tb é necessária! Se não, como vamos encontrar referências...? 
<Penela> O que significa? 
<oliv> por isso mesmo, nada como confrontar espectativas e 
<JAfonso> É evidente que a escola e apenas um dos parceiros mas e o parceiro mais directamente responsavel pela gestao dos processos pedagogicos 
<oliv> lutar por elas 
<celso> A que se devem os 70 e ... % de sucesso que hoje foi tão publicitado na comunicação social? 
<esfc9> espectativas são perigosas pois são visão anterior à realidade. E depois, se elas não se concretizam, podem significar algo de mau para os alunos 
<Edgar> os professores não terão tb o direito ao sucesso na formação? Ou só estamos a ver a perspectiva dos alunos??? 
<oliv> nao e dos insucessos que nasce a capacidade de lutar ou seja sao as espectativas que fazem de nos lutadores 
<esfc9> existem critérios de sucesso? 
<oliv> sim, aqueles que nos satisfazem 
<esfc9> ou eternos desenquadrados 
<oliv> nao, eternos enquadrados 
<esfc9> bem, deixemos as espectativas, quais são os critérios "bons" de sucess? 
<oliv> aqueles que permitem uma assimilacao rapida concreta e real 
<celso> O sucesso tal como o estamos a promover não será insucesso? 
<ib> Boa Celso... 
<esfc9> por favor, falemos em português concreto 
<oliv> nao estas satisfeito? e o que estou a falar 
<esfc9> o que é assimilação? 
<oliv> assimilar e raciocinar e desenvolver com o sentido de procurar novos objectivos e atingir outros parametros 
<esfc9> sim, mas desenvolver para onde, por onde. Pois se temos conceitos diferentes, os alunos daquela escola serão diferentes da outra 
<oliv> nao necessariamente 
<ib> Mas será que todos temos a mesma escola? 
<JAfonso> Estamos fora do contexto. Estivemos sem linha 
<ib> Nós vimos. 
<JAfonso> As escolas sao todas diferentes tal como os alunos 
<ib> Sim 
<oliv> e tal como os professores 
<ib> por isso mesmo 
<esfc9> para o sucesso tem de haver objectivos bem definidos e de todos conhecidos, por etapas, gradualmente mais complexos 
<JAfonso> a soluçao esta em encontrar respostas para todos os alunos 
<ib> será que podemos efectivamente falar de igualdade de acesso... 
<Maia> Todos??? 
<Maia> e essa a questao!!! 
<esfc9> sim 
<oliv> mas se o sucesso e dificil de definir como considerar objectivos concretos? 
<ib> respostas onde? 
<ib> nas escolas? 
<Maia> Nada, na sociedade portuguesa e igual para todos... 
<ib> em cada realidade diferente? 
<carlos1> sim 
<JAfonso> e evidente 
<OLIV2> Respostas que vão ao encontro das diferenças dos alunos 
<PedroL> Para obter sucesso e necessario que haja condiçoes materias e fisicas na escola, gostaria saber a opiniao dos trendistas 
<ib> Isso é um sonho! 
<PedroL> ib tem muita razao na perspectiva filosofica vamos a coisas concretas 
<esfc9> por isso mesmo. Deixemos de temas bons para discursos mas maus para o dia a dia. Quando falamos ao aluno ele tem de perceber 
<JAfonso> sera mais facil formar alunos de perfil mais intelectual 
<oliv> antes pelo contrario. Os alunos querem pratica e pouca intelectualidade. 
<OLIV2> O interesse dos professores é muito importante para o sucesso. O que é isso do intelectual. O aluno é um todo. Não é só cabeça 
<Edgar> concordo inteiramente! 
<ret> O interesse dos alunos não será tamb´rm muito importante para o sucesso? 
<ib> Como é possível concretizar quando nos é apontada uma perspectiva intelectual 
<esfc9> os alunos querem exemplos concretos e os alunos gostam de projectos onde eles possam também gerir 
<Edgar> concordo inteiramente!! 
<anadia> Como poderemos tornar as escolas lugares onde os alunos gostem de estar? 
<PedroL> voces tem sucesso ou nao? 
<Penela> sim 
<ib> O possível... 
<mang1> estatistico sim 
<ib> que é muito pouco actualamente. 
<anadia> O Pedro sucesso em que? 
<OLIV2> ainda não é o desejado 
<PedroL> Em matematica 
<anadia> Nao, mas sera que a culpa e dos alunos? 
<mang1> tambem é 
<ib> Os alunos não são inocentes com toda a certeza! 
<OLIV2> a culpa não está em ninguém e está em todos 
<PedroL> Entao ... ai ha ou nao sucesso em matematica ? 
<ib> O mesmo que nas outras escolas... 
<anadia> Como explicar entao quem alunos sem sucesso sejam profissionais bem sucedidos? 
<carlos1> nem sempre 
<mang1> há sucesso em tudo até ao 9º ano 
<oliv> porque a pratica e melhor que a teoria 
<OLIV2> Mas será que o ensino é só matemática? 
<ib> concordo mang1 
<ib> Somos obrigados a isso 
<esfc9> prática participada por todos 
<ib> mais tarde ou mais cedo. 
<OLIV2> O ensino do secundário é um ensino de elites!! 
<anadia> quais as disciplinas com mais insucesso? 
<PedroL> E claro que o ensino nao e so matematica ! 
<carlos1> penso que sim matematica 
<Telmo> anadia nao sei explicar o sucesso para os alunos mas penso atraves do esforço de todos podemos conseguir 
<ib> Bem Vindo JAfonso! 
<Penela> bem vindo 
<OLIV2> OK Telmo concordo 
<esfc9> será que todos querem? alguns alunos melhor fariam se saíssem da escola, pois não querem lá estar 
<JAfonso> poderiamos tentar arranjar uma escola de que gostem 
<esv> O sucesso controi-se É preciso interiorizar o futuro 
<oliv> ou seja mesmo contrariados precisam de um minimo 
<anadia> Como e que a escola pode agarrar os alunos que ca nao querem estar? 
<OLIV2> A solução para esses alunos seria então a marginalidade 
<Penela5> Então há muito sucesso nos curriculos alternativos? 
<esfc9> que bases a escola transmite se não houver motivação? 
<oliv> aquelas que levam a motivacao 
<OLIV2> Os currículos altrn. deveriam ser excepções 
<Penela> quais as excepções? 
<ib> Porque a Ed. Física é a única disciplina que comtempla todas 
<Telmo> porque e ao ar livre 
<esfc9> boa resposta, em termos sofísticos, a sociedade precisa de perfis cada vez mais concretos. A escola pode formá-los? 
<JAfonso>   a diversidade dos curriculos tem de corresponder a diversidades dos alunos 
<Penela5> Excepções, porquê e em que sentido? 
<esv> O gosto pelas disciplinas é feito também pelos profs 
<ib> as áreas do seu interesse. 
<anadia> Concordo com esv 
<OLIV2> Os curric. altern dão resposta a alunos com muitas dificuldades 
<Maia> Fala-se do ensino profissional  como resposta 
<Penela5> q diversidades? 
<mang1> o ensino profissional? qual ensino profissional? 
<JAfonso> penela parece jogar no campo da normalizaçao 
<esv>  O currículo alternativo não será uma fuga para a frente? 
<OLIV2> Deiversidades de alunos pois são pessoas? 
<ib> Está na altura da Matemática se tornar mais real 
<Penela5> Porquê na normalização? 
<ib> Mais ligada à vida activa... 
<esgafnaz> os curriculos alternativos são a actual panaceia para a resolução dos problemas da educação em Portugal 
<Penela5> por favor, explique? 
<anadia> Todas as disciplinas se devem tornar mais reais 
<PedroL> ib , que vida activa ? 
<OLIV2> Engano teu esgfnaz 
<JAfonso>  porque nao estao a entender a diversidade dos alunos 
<ib> O dia a dia 
<oliv> entendemos sim e muito 
<PedroL> ib , que dia ? 
<JAfonso> e a necessidade des respostas individualizadas 
<esfc9> o quê? 
<ib> Aquilo que de facto faz falta aos alunos na sua vida diária. 
<JAfonso> os curriculos alternativos nao sao a unica soluçao ha tambem apoios pedagogicos 
<oliv> e sao suficientes? 
<palo> O sucesso e chegar onde quero? 
<ret> como é possível a diversidade com programas demasiado extensos? 
<JAfonso> e ha orientaçao escolar que e preciso aprender e ha saidas diferentes que teremos de articular 
<ib> Mas os APAs não são mais uma sobrecarga para os alunos? 
<oliv> e resolvem as questoes basicas? 
<OLIV2> Os apoios funcionam quando são poucos alunos 
<JAfonso> talvez ai esteja o mal e preciso dar por medida os alunos 
<OLIV2> Os apoios deveriam ser entregues aos prof. interessados e que acreditem neles 
<oliv> e quem estabelece as medidas 
<esv> O apoio precisa de ser reformulado no sentido de o equacionar consoante os alunos 
<JAfonso> gostarimaos de ver outras propostas 
<OLIV2> Concordo 
<oliv> proponha!! 
<esfc9> as aulas precisam de criar situações práticas onde os alunos possam conhecer as suas capacidades reais 
<esfc10> concordo. 
<Cremilda> entrei agora.de facto concordo que as aulas devem criar situações motivadoras e ser bastante activas o que poucas vezes acontece 
<ESFC12> A propósito dos apoios, que apoios? 
<esfc9> sim, cremilda, pois é mais fácil seguir os guiões 
<mang1> deixem-se de teorias. Até ao 9 ano passam todos porque tem de passar. Quando chegam ao 10º ano a gente vê 
<Cremilda> então de quem é a culpa da falta de sucesso. só dos alunos? 
<Penela5> o quê? 
<Cremilda> ou dos maliditos guiões 
<Fatima> será do sistema 
<palo> dos pais, da televisao e dos professores muito 
<Anadia> A culpa e um pouco por todo o lado 
<esfc9> resposta implícita. Mas é difícil criar situações reais e cumprir o programa... 
<Cremilda> Quem é o sistema? não seremos todos nós? 
<Fatima> já analisaram o 4º ou 5º 
<Anadia> Com tanta gente a aprender e uma so medida para todos!!! 
<teresa_cacia> Os programas devem ter em conta que os alunos são Sujeitos e não Objectos na aprendizagem 
<palo> porque hoje aprendi que na maioria das escolas da nossa regiao as pessoas estao na idade da pedra 
<Anadia> Sera que a escola esta a par do ritmo da vida? 
<Fatima> será esta a escola que os alunos necessitam 
<palo> ainda escrevemos testes a mao 
<esfc9> desde que bem feitos... 
<palo> escrevemos, nao! escrevem! 
<esfc10> a escola é de todos e para todos. parece lugar comum, mas não é. 
<teresa_cacia> E porque não personalizar a aprendizagem, palo? 
<Fatima> reduzindo o nº de alunos por turma 
<Anadia> Porque nao ir ao encontro dos interesse dos alunos? 
<Penela5> valerá a pena? 
<mang1> com turmas de 30 alunos? 
<julio> Falem do sucesso das Escolas Básicas Integradas... 
<Penela5> são poucos 
<HCristo> Mas a escola terá só de ir ao encontro dos alunos ou terá também de suscitar novos interesses? 
<AG> A escola e para as massas 
<esfc9> se os colegas fossem agora ministros de educação o que faziam para criar sucesso? 
<Anadia> Reduzia os curricula obrigatorios e dava mais liberdade aos professores 
<esfc9> liberdade em quê? 
<julio> Como é que fica a experiência Escola Básica Integrada?  É para ir para o lixo? 
<Anadia> Escolher o que queriam aprender dentro de certos limites pedagogicos 
<Anadia> Como professora de linguas podia dar-lhes muito mais liberdade 
<Fatima> será que têm de ser todos doutores 
<Penela5> era muito bom que fosse assim 
<Anadia> Claro que nao mas todos tem que aprender um minimo 
<esfc10> era bom que fossem doutores mas não há tempo nem espaço para todos. 
<esfc9> Mas não haveria de haver perfis mínimos?, se não onde parará o sistema? 
<Penela5> qual deles? 
<teresa_cacia> Belmiro não se trata de doutorice mas sim de cultura que é um direito de cidadania 
<Anadia> Claro que ha um minimo comum mas ha coisas que os meninos aprendem.... 
<esfc9> Na televisão? Milhentas vezes mais poderosa do que nós? 
<esfc10> é natural, nem todos estao preparados para isto 
<PLAG> EU GOSTARIA APRENDER MAIS SOBRE A MATEMATICA, com este tipo de ferramentas como posso ter sucesso 
<AG> Na escola nao ha direito a diferença 
<Cremilda> noutros sítios que não na escola e a escola poderia integrar esses conhecimentos.Ou não seria isso possível? 
<esfc9> pois se todos são diferentes... 
<mang1> qual é a pagina mais consultada em cada escola? o dragon ball. 
<ESFC11> Os currículos alternativos estão a funcionar na vossa escola com sucesso 
<JAfonso> ja temos escolas a funcionar excelentemente mas ainda ha muitas ligadas ao passado 
<JAfonso>  esperamos  que todas as escolas a pouco e pouco se preparem para esta nova etapa 
<EB23Gaf> Pensamento: A reforma atirou-nos para o sucesso estatístico. 
<palo> enquanto os profs nao se aperceberem que os processos que aprenderam com os professores deles ja nao servem nao ha escolas de sucesso 
<AG> Quando falo do direito a diferença na escola, falo de diferentes interesses que os alunos tem. 
<Fatima> que tal criar escola com caracter profissional 
<Penela5> assim é fácil 
<mang1> quem define os interesses dos alunos? os prof.? 
<EB23Gaf> Como conciliar sucesso com «diferenças»? 
<AG> Muitas vezes o professor nao quer saber dos intereses dos alunos. O professor quer dar as aulas. Expor materia. O professor quer que os alunos aprendam "Aquilo que tem que aprender" 
<Fatima> não os interesses dos alunos,  disciplinas com um tronco comum e areas de trabalho e interesses diferentes 
<JAfonso> o tronco comum nao pode ser um travao para as situaçoes nao pode ser um travao para as situaçoes. Tem de haver saida para todos. Muitos ainda saiem de maos a abanar temos de encontrar ofertas 
<Fatima> cultura geral 
<Fatima> escolas industriais 
<mang1> como pode haver saídas para todos se uns são prejudicados logo a partida? 
<JAfonso> em que? 
<EB23Gaf> Quem é que é prejudicado logo à partida 
<Fatima>  porque e'o fim ensino gratiuto de verdade 
<mang1> o sistema educativo sanciona disparidades culturais 
<Fatima> ensino pré escolar para todos 
<Penela5> não existe 
<Fatima> ai a economia 
<JAfonso> o ensino gratuito esta praticamente assegurado 
<Penela5> era bom 
<EB23Gaf> Falta o praticamente! 
<Fatima> com livros acustar dinheiro as familias 
<mang1> mas as diferenças socio-culturais permanecem 
<JAfonso> quaqnto pagam os alunos na escola de penela? 
<mang1> não se trata de pagar. 
<teresa_cacia> Este sistema tão contestado tem que trazer ganhos secundários para alguém senão já tinha morrido 
<JAfonso> esse e o trabalho da escola  saber responder as diferenças culturais. E' um trabalho longo. 
<mang1> o que intereesa é a vertnte socio cultural 
<EB23Gaf> Perante propostas das escolas- curricula alternativos, a resposta é muitas vezes não! 
<JAfonso> os curriculos alternativos nao tem de ser sempre formalizados na turma pode haver trabalho diferenciado que dispensa os curriculos alternativos 
<mang1> os curriculos alternativos deviam ser os normais? porque alternativos!!!! 
<EB23Gaf> Na turma pode haver trabalho diferenciado.  E o nº de alunos por turma? E o cumprimento de programas? 
<mang1> ensino diferenciado?????? o que é isso??? será exequivel? 
<PLE> para obter o sucesso e necessario os alunos e professores se encontrarem a frente do computador 
<Fatima> pode ajudar 
<Penela5> só faltava essa 
<mang1> a questão prática é: porque será que os alunos reprovam no 10º ano.? que sucesso é esse? 
<Anadia> Ha um grande desfazamento entre o 9 e o 10º anos 
<mang1> desfazamento em quÊ? Desfazamento em metodos ou em capacidades dos alunos(exigencia) 
<EB23Gaf> E por falar na paixão do  Primeiro Ministro!... 
<Anadia> Os alunos saiem do 9º ano a saber pouco e muitos vao continuar no 10 porque nao tem escolas alternativas ou empregos 
<mang1> a paixão esmorece mas o amor permanece 
<seia-8> As EBI sao um exemplo de sucesso. 
<Anadia> Como assim? 
<Fatima> isto é que e o sucesso dos nossos alunos 
<Anadia> O Irc pode ser uma boa maneira de ensinar as pessoas regras de civilidade 
<seia-3> O IRC exige muito controlo da parte de cada um... 
<seia-8> Reafirmo . As EBI sao um exemplo de sucesso 
<EB23Gaf> EStavamos a falar de curricula alternativos. 
<Anadia> Explica porque as EBI sao um exemplo de sucesso . Real ou estatistico? 
<Lag> Os curriculos alternativos, esta e a forma para integrar os jovens no futuro 
<seia-3> veja-se o exemplo dos cursos tecnicos 
<seia-8> As EBI favorecem a colaboraçao entre os profs. dos diversos niveis de ensino. 
<EB23Gaf> Integramos os jovens até ao 9ºano com os curricula alternativos.  Muitas vezes eles seguem os estudos normalmente. O 10º ano passa a ser uma desgraça. 
<mang1> continua a não perceber as vantagens das EBI 
<Penela5> o que é que queres ? 
<Regalado> Mas como ja chegaram ali, depois e outro empurrao... 
<Fatima> sera que ha ligação entre os vários niveis de ensino? 
<mang1> não percebo as vantagens das EBI, Quem explica? 
<palo> eu acho que poderiam nao ter (dever) seguir o 10º ano "normal" Alternativas!!! 
<taita> O'Alice os alunos da E.B. da Gafanha da Nazare sao alunos com muito sucesso na secundaria 
<EB23Gaf> Tudo deveria estar previsto.  Na realidade ficamos ao  sabor daquilo que quer cada escola. 
<Penela5> convencidos 
<mang1> Não será que o sucesso das EBIs se deve apenas ao facto de os professores dos níveis mais avançados infantilizarem as suas exigencias ? 
<seia-8> As EBI possibilitam uma melhor integraçao dos alunos durante todo o seu percurso escolar obrigatorio 
<Lag> Exactamente o problema para o sucesso e necessario espaço fisico e materias necessarios para o desenvolvimentos dos slunos 
<taita> nos devemos ser clubistas, nao acham? Ou sera ja um resquicio da pretensa rgionalizaçao? 
<Lag> Estes temas foram extremamente importantes nao foram certamente ao encontro do debate mas foram colocados varios alunos e professores a frente do computador e sentiram-se de certa forma apaixonados  e perguntaram quando e que podiam vir outra vez, isto chamo motivaçao e sucesso para o futuro 
<Regalado> Talvez as EBI ajudem os professores os professores dos varios niveis a integrarem-se porque nas restantes escolas isso nem sempre acontece 
<mang1> os métodos é que são diferentes. a maneira de ver os alunos é que é diferente 
<palo> Que tal debater se a escola basica deveria ou nao encaminhar (dirigir) o futuro escolar dos alunos! 
<taita> Que tal falarmos dos curriculos alternativos? Nao foi uma ideia do ministerio? E que a realidade sempre mostrou que ja deveriam ter sido implantados ha muito tempo 
<mang1> repito: os curriculos alternativos é que deviam ser normais. 
<Lag> palo - certamente que sim arranjar temas de varias disciplinas, colocar os alunos a frente do computador e debate-los com outros alunos com perguntas e respostas objectivas 
<mang1> os normais é que deviam ser alternativos. 
<seia-8> As EBI motivam os professores para o trabalho interdisciplinar 
<Lag> O que consideram curriculos alternativos 
<Fatima> sera que vamos ao encontro dos interesses dos alunos quando estamos a dar as aulas ? 
<palo> Quem deve controlar os Curriculos? Que os deve validar? 
<Regalado> Sera que tambem nao temos que criar interesse nos alunos pelas aulas que damos? 
<palo> Quais os perfis de saida possiveis? 
<taita> e tudo uma questao de funis! 
<Fatima>  Com estes programas 
<Lag> so perguntas sera que nos nao temos respostas ?... 
<EB23Gaf> os curiculos devem ser controlados pelo grupo disciplinar 
<puke> E quem defende os superdotados??? 
<mang1> e quem defende os minidotados? 
<Regalado> Eu ja nao penso nos superdotados, mas 
<puke> esses tambem tem insucesso 
<Fatima> curriculo alternativo? 
<palo> Mas ao propor um curriculo alternativo sera que se esta a pensar no perfil de saida? 
<Regalado> tambem temos de pensar nos ditos normais e que sao muito esquecidos 
<taita> insucesso , muitas vezes afectivo, nao acham? 
<Fatima> pois esse e o grande problema 
<Lag> nao falemos de insucesso, falemos de sucesso, atençao eu nao sou filosofico 
<Fatima> ninguem é normal 
<Lag> como encontrar o sucesso para o alunos 
<mang1> o sucesso estatistico é o insucesso real 
<taita> claro! 
<EB23Gaf> o sucesso   esta muito relacionado com a motivação  dos alunos. naõ acham? 
<Fatima> sera a escola motivante 
<mang1> o curriculo uniforme é um espartilho. 
<taita> Of course, fellows!!! 
<Regalado> Por isso perguntei se nao tinhamos que criar interesse... 
<puke> não , está relacionado com a motivação que lhes dás 
<taita> E quem e que nos cria a nos esse interesse? 
<Lag> Penso para encontra-lo devemos ir ao encontro do aluno, por exemplo se o aluno gosta de ajudar os funcionarios da cozinha, porque nao ter um espaço para o desenvolver nesse campo. Se gosta estar a frente do computador porque nao deixa-lo e orienta-lo 
<Regalado> Quem nos cria? Eu gosto do que faço 
<mang1> a motivação não chega. e os conteudos são motivadores? 
<EB23Gaf> essa ideia e muito lirica 
<mang1> já viram as coisas que os alunos tem de estudar. 
<mang1> vejam os programas do 7º ano 
<Regalado> os que estudam... 
<Lag> Qual ideia 
<Fatima> reduzir os programas não sera solução 
<mang1> não é reduzir. é mudar 
<Fatima> para quais?» 
<puke> mas mudar par quais ?? 
<mang1> para curriculuns alternativos, transformados em normais 
<puke> lá vem a velha história 
<mang1> diferentes e adaptados localmente 
<puke> e individualmente 
<mang1> claro 
<puke> ah 
<puke> assim sim 
<Regalado> pela lei selecçao natural, qualquer dia so vingam os ignorantes... 
<puke> sim sim 
<Lag> Somos nos  que temos que alterar  e forçar novos programas. Os professores  Franceses andam com os meninos no Metro isto e curriculo alternativo 
<Fatima> da-lhes uma cana e não o peixe 
<Lag> Bem esta chegar mais alunos para comunicar desculpem se estao a ultrapassar os seus interesses 
<mang1> e se não houver rio 
<Fatima> ensina-os a caçar 
<mang1> e se não houver caça 
<EB23Gaf> Muitos alunos que ingressam no sistema educativo trazem desde já uma carga grande de insucesso.Desigualdades sociais,... 
<Fatima> ensina-os a apanhar frutos 
<mang1> é assim. se não houver caça, nem pesca , nem frutos cria-se uma escola de formação de professores para ensinar a pescar, caçar e apnhar frutos. 
<Fatima> talves seja boa ideia 
<seia-CD> A Escola podera excluir os alunos, mas a sociedade vai ter que viver com eles toda a vida 
<Alexandre> mas quem falou em exclusao ?? 
<Fatima> ja perguntaram aos vossos alunos o que eles gostam na vossa escola 
<taita> Aqui esta uma resposta 5 estrelas! 
<mang1> do dragon bal na internet. 
<Fatima> porque sera que nos nos desculpamos com os erros dos outros 
<mang1> explica 
<mang1> caros colegas: o martins, a teresa cruz e a isabel martns de mangualde despedem-se e dão os parabéns porque este debate correu bem e foi bem gerido