DOENÇAS INFECTO-CONTAGIOSAS E VACINAÇÃO

Formadora: Maria Salomé Victória de Faria e Oliveira Castanhas
Duração: 50 horas
Destinatários: Educadores de Infância e Professores do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Nº de formandos:
 

Razões Justificativas da Acção:

Desde há muito tempo que o Homem se interessa por conhecer o mecanismo de uma infecção, assim como da resposta imunológica activada no organismo infectado. Durante a Idade Média as populações foram várias vezes dizimadas por numerosas epidemias, tais como, a peste, a varíola e a febre tifóide. Actualmente, apesar da actual erradicação de algumas doenças, muitas delas continuam a causar um elevado número de vítimas, especialmente entre as crianças e os idosos. Por exemplo, de acordo com estudos epidemiológicos, prevê-se um novo surto de sarampo em Portugal para o ano de 1999!

Devido ao facto da saúde de uma população ser um bem inestimável, existem formas organizadas de protecção das populações, tal como um eficaz sistema de vacinação. Através de uma boa vigilância sanitária e da aplicação de normas de higiene social, a qualidade de vida de todos nós poderá melhorar.

A Escola, comunidade extrafamiliar de acolhimento das crianças, tem como função não só o desenvolvimento das capacidades intelectuais e da personalidade da criança, mas também a educação para a Saúde. A educação para uma boa qualidade de vida torna-se uma das condições fundamentais que permitirá, na vida adulta, a prevenção de doenças e o aumento da esperança de vida do indivíduo.

Com a recém chegada da Internet à Escola, tem sido possível proceder a uma renovação das formas clássicas da prática pedagógica e ao desenvolvimento de novas atitudes pelos alunos no domínio da Informática, mas também a formação dos professores. Em zonas geográficas de acesso mais difícil, a Internet torna possível a formação contínua dos professores. O recurso às ferramentas disponíveis na Internet permite a formação à distância,  baseada na auto-aprendizagem, na partilha/ troca de informação, no trabalho colaborativo e na pesquisa de informação.
 

Objectivos a atingir:

Os principais objectivos desta Acção de Formação são os seguintes:

Conteúdos da Acção:

Módulo I: Infecção
1-  Características gerais.
2-  Agentes infecciosos.
3-  Etapas principais de uma infecção.
 
Módulo II: Algumas doenças infecto-contagiosas
1- Gripe.
2- Tuberculose.
3- Sarampo.
4- Varicela.
5- Papeira.

Módulo III: Vacinação
1- Referência histórica.
2- Vacinas.
3- Características gerais da vacinação.
4- Resposta imunológica.
5- Importância da vacinação.

Módulo IV: Prevenção na Escola
1-  Para onde vamos?
2-  Prevenção na Escola.
3-  Papel do Professor/Educador.
 

Metodologia de Realização da Acção:

A metodologia a utilizar nesta Acção deverá basear-se na:

Avaliação

Avaliação da qualidade gráfica e científica dos trabalhos de pesquisa construídos pelos Formandos.
Avaliação da participação virtual de cada Formando, tendo em conta o interesse, empenho e qualidade científica revelada nos meios de comunicação virtual, relativamente aos módulos temáticos apresentados.